construtor tentando ganhar dinheiro na construção civil

Preste atenção: 12 erros que te impedem de ganhar dinheiro na construção civil

Com a instabilidade do mercado, conseguir ganhar dinheiro na construção civil pode parecer um sonho distante. E convenhamos, notícias como a queda do Produto Interno Bruto (PIB) do setor não favorecem o cenário nem mesmo para os engenheiros mais ambiciosos. 

É verdade que a indústria da construção está no vermelho desde o segundo trimestre de 2014. Mas também não é mentira que existem perspectivas de melhorias. 

Segundo estimativa do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o PIB da construção civil deve crescer 2% em 2019.

E a sua construtora, como encara essa previsão: olhando o copo meio cheio ou meio vazio?

Saiba que é exatamente essa postura que diferencia uma empresa de sucesso de um negócio “condenado” à falência.

A grande diferença entre as construtoras existentes hoje no mercado está na forma de pensar de seus proprietários. Alguns, preferem insistir nos erros e ver o negócio falir como a trágica cena do Titanic em que o navio bate no iceberg. Já outros, sabem que precisam se atentar a alguns fatores para garantir a saúde financeira e a sobrevivência da empresa.

O que nem toda construtora percebe, porém, é que grande parte dos problemas, sejam eles financeiros ou organizacionais, são controláveis. Isso mesmo: podem ser amenizados e até mesmo evitados. Tudo depende da agilidade em identificar quais são eles para tomar as medidas necessárias para combatê-los ou preveni-los.

Confira neste artigo quais são os problemas que podem causar arranhões nos lucros da sua empresa.

12 erros na construção civil que podem prejudicar a lucratividade da sua construtora

Como controlar os custos dos projetos e aumentar o lucro na construção civil sem fechar as contas no vermelho?

As dúvidas são muitas, mas a resposta é uma só: ao conhecer quais erros de gestão de obras e processos podem atrapalhar a lucratividade da empresa.

Chegou a hora de conhecer os doze principais problemas que podem estar impedindo sua construtora de aumentar a margem de lucro sobre os serviços realizados. E, claro, dar um “chega para lá” em cada um deles para que volte a crescer e se desenvolver como almeja.

Veja quais são:

1. Falta de controle financeiro

Sua construtora tem conhecimento sobre seus custos e despesas, assim como o controle de contas a pagar e a receber? Ou vem cometendo deslizes como misturar contas empresariais com contas pessoais e não acompanhar o fluxo de caixa?

Por mais clichê que pareça a falta de controle financeiro é um dos principais erros na construção civil que atrapalham o lucro das construtoras. Pode até mesmo levar uma empresa a fechar suas portas ou decretar estado de falência.

Parece assustador e realmente é. Exige atenção, pois diz respeito ao futuro do negócio.

Sem uma gestão financeira adequada uma empresa não tem força suficiente para crescer e se desenvolver. Então, quando o desafio é ganhar dinheiro na construção civil, o esforço deve ser ainda maior. Isso porque envolve o controle financeiro não só de mão de obra, como também de equipamentos, materiais e orçamentos.

Quer um bom motivo para investir no controle financeiro da sua construtora?

A partir do momento em que passa a ter controle sobre a entrada e saída de recursos, pode dar seus próximos passos com mais segurança e garantir um desenvolvimento sustentável. 

Fica muito mais fácil identificar oportunidades de investimento ou de redução de custos com gastos desnecessários. Com isso, a lucratividade da empresa só tende a aumentar.

2. Falta de controle sobre os projetos

Como os problemas não se limitam à falta de controle financeiro, também podem envolver falhas na gestão de projetos. O que vai desde a duração das obras até a gestão da equipe envolvida.

Se projetos atrasados custam muito mais caro do que aqueles que são executados dentro do prazo previsto, podem até gerar problemas jurídicos. Afinal, o que os clientes querem mesmo é ver as obras concluídas e entregues dentro do tempo acordado.

Mas o cenário fica mais problemático ainda se não foram feitas estimativas sobre a produtividade dos profissionais envolvidos em cada etapa da obra. 

Para ter uma maior margem de lucro sobre os projetos entregues é preciso aprender a equilibrar pessoal, tempo e lucratividade.

3. Falta de organização no cronograma de obra

A falta de organização no cronograma de obra é o tipo de erro que esconde outro ainda mais grave: a falta de eficácia do planejamento de obras.

Como o cronograma funciona como uma peça-chave para a execução de empreendimentos, nele devem constar todas as atividades para a concretização de um projeto. Em suma, é ele que ajuda a construtora a cumprir prazos, ser mais eficiente e produtiva.

Com a vantagem de poder ser alterado e atualizado conforme o andamento da obra, é fácil desviar do foco e dos objetivos de negócio e do empreendimento. Por isso, é importante ter controle e consciência sobre cada uma dessas alterações. 

Cada mudança precisa corresponder a um replanejamento. Assim, não acontecem desvios e o sonho de ganhar dinheiro na construção civil não se transforma em um pesadelo.

4. Falta de precisão na elaboração do orçamento de obras

Lidar com dinheiro na construção civil é uma via de mão dupla onde existem dois caminhos para a sua construtora: cumprir o orçamento planejado ou extrapolá-lo.

É claro que o que todo mundo quer é seguir pelo primeiro caminho. Mas basta um simples descuido como um erro na estimativa de custos do projeto de obra para que ela passe a custar milhões de reais a mais. E, assim, gerar um enorme rombo no caixa da empresa ou até mesmo o abandono de obra devido à falta de verba.

Muitas vezes esse erro acontece porque falta conhecimento técnico sobre as melhores metodologias e práticas de gestão de obras. Mas em outros casos, o problema começa devido ao uso de informações inconsistentes.

Os erros no cálculo de custos diretos e indiretos de uma obra podem ocorrer até mesmo quando o material foi solicitado e a obra já está sendo executada. 

Seja qual for a causa, a consequência de elaborar um orçamento de obras impreciso são duas: causar prejuízos financeiros para a própria construtora e para o cliente final. Afinal, o que ele espera mesmo é pagar um preço mais baixo no final das contas. 

Então, para que o orçamento seja condizente com a realidade, ele precisa ser capaz de reduzir custos e manter a qualidade do serviço. O que ajuda a maximizar o lucro sem superfaturar a obra. Uma forma de ter a empresa rentável e os clientes satisfeitos.

5. Falta de gerenciamento de riscos

Trabalhar e buscar oportunidades de ganhar dinheiro na construção civil também é ter consciência de que vai enfrentar riscos de todos os tipos. Sejam eles relativos a variações de orçamento e planejamento quanto indisponibilidade de recursos financeiros e imprevistos com os profissionais envolvidos.

Mas, atenção, isso não é motivo para deixar de identificar problemas com antecedência e também oportunidades favoráveis ao projeto. É importante lembrar que imprevistos podem causar atrasos no prazo de entrega ou elevação de custos, dois dos principais inimigos de qualquer construção.

6. Falta de estratégia para a gestão de compras

Outro setor de fundamental importância para garantir a rentabilidade de um empreendimento é o de compras e suprimentos.

Para garantir uma perfeita relação de custos da obra sem comprometer o lucro do empreendimento é preciso que o comprador entenda sua importância para a estratégia de negócios da empresa. 

O que ele deve ter em mente é que se as construtoras vivem da venda de imóveis, ganham em cima da compra de insumos para as obras. E que definir a quantidade certa de material a ser comprado, além do prazo de entrega e armazenamento influencia diretamente a lucratividade do negócio.

7. Falta de organização fiscal

Ter controle sobre as obrigações fiscais é uma dificuldade comum na gestão de construtoras. Isso porque existem vários tributos e declarações envolvidas, de acordo com o tamanho da empresa. E quando essas informações não são declaradas podem ocorrer punições e multas.

Portanto, investir na contratação de um profissional de contabilidade é sempre uma boa pedida para facilitar a rotina administrativa. Mas um software de gestão de obras também pode ajudar o setor financeiro a ter total controle das obrigações a serem pagas.

8. Falta de integração entre todas as partes envolvidas no projeto

Promover a conexão entre todos os envolvidos no projeto é uma forma de atender a um mercado cada vez mais exigente e manter a competitividade em relação aos concorrentes.

A comunicação melhora, o registro de tarefas idem e a identificação de erros ou imprevistos também. Com isso, o custo para lidar com eles é reduzido. O que pode ser facilmente resolvido com o uso da tecnologia para aproximar os profissionais de dentro do canteiro de obras dos engenheiros que estão fora e do cliente final.

9. Falta de conhecimento sobre o mercado

Até que ponto sua construtora conhece o mercado no qual atua?

Essa é uma das melhores formas de ganhar dinheiro na construção civil.

Fez isso já faz tempo, quando montou seu negócio e depois não fez mais? 

Com a velocidade com a qual tudo se transforma na era digital pode ser útil voltar a estudar seu público novamente. 

Um motivo? O comportamento e as necessidades do cliente mudam e o perfil da concorrência também. Então, procure investigar quais empresas já existem, onde fazem seus trabalhos, como atuam e quais serviços oferecem.

10. Falta de diferenciação e exclusividade

Quer aumentar o lucro da construtora? 

Procure oferecer algo novo ao cliente para buscar diferenciais e se destacar no mercado. Ofereça um atendimento diferenciado e focado em entender as dores dele, além de condições personalizadas. Isso vai ajudá-lo a se sentir ouvido.

Para fazer isso, trabalhe com exclusividade para que seu produto não seja visto apenas como mais um, mas como único. Ideias como a oferta de serviços agregados, encadeamento produtivo e uso de softwares de gestão de obras podem se tornar diferenciais competitivos que podem te colocar à frente da concorrência.

11. Falta de mão de obra qualificada

Sabemos que os profissionais envolvidos na execução de projetos de obras são um dos principais responsáveis por empreendimentos de sucesso. Mas o simples fato do emprego ter caráter casual, ou seja, não ser um trabalho fixo, não quer dizer que sua construtora deve contratar o serviço do primeiro profissional que aparece. 

Ter cuidado com a escolha do perfil de funcionários e com a motivação de cada um deles, através de análises de desempenho, é zelar pelo bom resultado final do serviço

Empresas que têm profissionais qualificados em suas equipes têm muito mais chances de sucesso e de aumentar seus lucros.

12. Falta de divulgação

Por último, mas não menos importante está o erro da construtora que se acomodou diante do mercado porque acredita que seu nome já está consolidado. Como acredita que já passou da fase de fazer qualquer tipo de divulgação para conquistar mais clientes, perde espaço para a concorrência mesmo sem se dar conta.

Pois bem, se a propaganda é a alma do negócio no caso das construtoras o trabalho de divulgação é ainda mais importante. Como esse é um modelo de negócio que envolve vendas complexas, é preciso estudar os canais de venda e onde o cliente se encontra para chegar até ele da melhor forma possível.

Elaborar portfólios com fotos e indicações, além de trabalhar o marketing promocional nas mídias digitais são boas alternativas para impulsionar os negócios. Pode ser o que separa a sua construtora do sucesso e dos seus concorrentes.

Como ganhar dinheiro na construção civil?

Mesmo que pareça redundante dizer isso, para ganhar dinheiro na construção civil é preciso trabalhar para evitar os erros que acabamos de ver.

Quanto antes perceber suas fragilidades mais facilmente poderá trabalhar para corrigi-las e, assim, aumentar sua lucratividade na construção civil.

Tem interesse em gerar ainda mais rentabilidade dentro do setor, para conquistar mais clientes, melhorar seus processos e aumentar as vendas?
Temos mais algumas dicas extras para você: preparamos um eBook exclusivo para falar sobre o tema. Baixe agora mesmo Como ganhar dinheiro na construção civil e aproveite para colocá-las em prática e voltar a aumentar os lucros do seu negócio!

ganhar dinheiro na construção civil