Depósito de materiais de construção

6 dicas essenciais para manter o depósito de materiais de construção organizado

Controlar os insumos e a organização do depósito de materiais de construção pode ser o diferencial que sua construtora está buscando.

O orçamento de obras deve ser cumprido pelas construtoras e depende do controle de diversos elementos dentro e fora do canteiro de obras. Um dos menos considerados, e que merece mais atenção, é a organização do depósito de materiais de construção.

Economizar insumos e dinheiro, evitar desperdícios e aumentar a produtividade depende de garantir que os materiais de construção sejam armazenados e manuseados de forma correta.

Quer ter máximo controle? Fique de olho nas dicas que trazemos aqui.

Depósito e material de construção: dicas para controlar seus insumos

Existem algumas formas simples de melhorar a gestão dos insumos no canteiro de obras e melhorar o controle da construtora durante a execução de obra. Planejar com cuidado o uso de materiais de construção depende de entender alguns detalhes.

Descubra aqui as 6 dicas essenciais para garantir a organização de seus depósitos.

1. Cuide da logística do canteiro de obras

Quando se trata do canteiro de obras, segurança e organização são sempre essenciais para a qualidade de execução de obras. Ao organizar o depósito de materiais no espaço, é importante pensar em como será a movimentação de pessoas e insumos.

Cada material de construção e equipamento é necessário em uma etapa e local específicos na obra. Organizar a logística de como trabalhadores e materiais vão ser transportados do depósito para a área de execução impacta, diretamente, o tempo de execução da obra.

Um depósito muito longe da área de execução consome tempo, muito perto, coloca em risco trabalhadores que estão ali pegando algo e os próprios insumos caso algo caia de algum lugar, por exemplo.

2. Escolha a forma de armazenagem adequada

Mais do que pensar no local onde os materiais de construção serão colocados, é importante pensar em que tipo de proteção eles precisam.

Pensar em proteção, por exemplo, contra o vento e chuva no caso da areia e cimento, e na ventilação para os trabalhadores que têm que entrar na área de depósito, evita impactos negativos na Saúde e Segurança no Trabalho e ajuda a minimizar desperdícios.

Saiba mais sobre Segurança e Saúde no Trabalho aplicado à construção civil aqui >

3. Conheça as necessidades dos materiais de construção

Não é segredo que cada material de construção tem particularidades que influenciam no momento de organizar e controlar o depósito. Descuidar dessas necessidades específicas gera muitos riscos de desperdício de insumos e dinheiro. Não esqueça, material perdido é material que terá que ser reposto.

Mais do que pensar na estrutura onde os materiais vão ser colocados, é importante pensar em como guardar tudo de forma organizada e segura no depósito de materiais e o que pode ser deixado na área externa.

Sacos de cimento não podem tomar chuva, latas de tinta precisam ser protegidas do sol e areia pode ser perdida com ventos fortes sem a proteção adequada. Mesmo insumos que pareçam mais resistentes exigem cuidados. 

Existe um peso máximo por empilhamento de blocos de cimento, a necessidade de inclinação ao guardar telhas e muitos outros detalhes.

Além disso, é essencial sempre estar de olho na quantidade guardada, no tempo que levará para ser usada e nos prazos de validade. 

O  controle do depósito de materiais de construção deve ser feito sempre junto com o controle de estoque da construtora.

Quer aumentar seu controle? Conheça os 6 erros mais comuns no controle de estoque da construção >

4. Organização por uso 

A forma como os materiais de construção são colocados no depósito de materiais faz toda a diferença na produtividade e controle de estoque. 

Existem sempre insumos que possuem mais saída, são utilizados mais frequentemente e, por isso, devem ser fáceis de pegar.

Produtos que precisam ser cortados, lixados e polidos sempre devem estar mais próximos das bancadas onde isso vai ser feito. Além de reduzir o tempo de transporte, facilita o trabalho para quem vai realizar os ajustes.

O prazo de validade também tem que ser considerado. Pense no depósito de materiais da construção civil como um supermercado. Um produto mais próximo de ter a validade expirada tem que sair antes daquele que vai durar mais tempo para evitar desperdícios.

5. Cuide da segurança 

Análise de riscos que protege a integridade física dos trabalhadores deve ser considerada também para os materiais de construção. 

Nos dois casos, cronograma e financeiro são afetados por falhas na segurança.

Alguns materiais, se não são manuseados ou armazenados do modo correto podem causar problemas de saúde nos trabalhadores. Outros insumos, principalmente equipamentos, correm o risco de serem roubados se não forem protegidos corretamente.

Criar um sistema de controle e autorização de acesso aos depósitos de materiais, então, é um processo estratégico. 

Tenha certeza de que as equipes estão treinadas para agir de modo seguro no momento de manusear, retirar e trabalhar com os materiais.

6. Tecnologias parceiras do controle de insumos e depósito

Softwares de gestão de obras, câmeras de segurança, trancas digitais e muitas outras tecnologias podem ajudar no controle e segurança do material de construção no depósito.

Conheça os benefícios de um software de gestão de obras aqui! >

Os softwares, aqui, tem um destaque especial. 

Eles atendem as necessidades de todas as dicas dadas anteriormente.

Com um bom sistema de gestão é possível controlar a quantidade de insumos no depósito, as necessidades de reposição de materiais, catalogar as necessidades especiais de cada produto, controlar prazos de validade e a entrada e saída desses insumos.

Produtividade, resultado e lucratividade: depósitos de materiais de construção exigem atenção

A preocupação de toda construtora deve ser garantir o cumprimento do contrato feito com o cliente e manter a margem de lucro e crescimento esperados. Isso significa que é prioridade controlar o financeiro, cumprir o orçamento e prazos, reduzir desperdícios e garantir qualidade.

Muitas vezes o foco acaba caindo em outros departamentos, mas, como vimos, o depósito de materiais de construção tem papel fundamental na hora de alcançar esses objetivos.

O controle da entrada e saída de insumos do estoque e dos depósitos para execução é parte central no controle da gestão de obras no canteiro de obras. 

A vantagem é que existem tecnologias focadas em controlar processos e tornar a vida do administrador muito mais simples.

Quer conhecer mais sobre o controle de estoque e os benefícios dos softwares de gestão? Fique sempre de olho no blog Obra Prima, a gente te ajuda.