A importância da construção civil no Brasil

A importância da construção civil para o Brasil

O impacto da construção civil é essencial para a economia e sociedade, beneficiando o Brasil de diversas formas. Entenda!

Infraestrutura e habitação são dois pontos que recebem muitos investimentos e precisam ser incentivados em países em desenvolvimento. 

A necessidade constante de hospitais, obras em rodovias, melhorias nas estruturas das cidades e outras fazem com que a economia mantenha uma relação íntima com a construção civil.

No Brasil, a relação que existe entre construção civil e crescimento do PIB é muito grande e permite visualizar a importância do setor para o país. 

Mas os benefícios não param por aí.

Os benefícios das atividades de construtoras interferem na economia, no social e no meio ambiente.

Acompanhe para entender a importância da construção civil para o Brasil.

Importância e benefícios da construção civil para o desenvolvimento do Brasil

Construção civil no Brasil: importância e benefícios para o desenvolvimento

Existem diversos pontos em que a construção civil impacta positivamente o desenvolvimento do Brasil. 

Conheça aqui os principais e saiba quais os frutos do trabalho de sua construtora.

1. Empregos para a população

A geração de empregos produzida pela construção civil é imensa. 

De mão de obra qualificada, como vagas para engenheiros, arquitetos, projetistas e tantos outros profissionais, até equipe técnica ou apenas com experiência prática para trabalhar no canteiro de obra, são várias as oportunidades oferecidas no setor.

Ainda que muitos dos postos de trabalho sejam informais, como mostram estudos da Câmara Brasileira da Indústria e da Construção (CBIC), que em 2017 estimou 40% de trabalhadores informais no setor, ao menos postos de trabalhos são gerados.

Observando a geração de emprego, é inegável que a construção é essencial do ponto de vista essencial. 

A importância dessas vagas, principalmente para pessoas sem qualificação, é imensa e garante a sobrevivência de muitas famílias.

Além disso, se torna uma porta de entrada para buscar estabilidade, crescimento e desenvolvimento profissional. 

É um setor que conta com diversas políticas públicas que focam em oferecer qualificação para os trabalhadores.

2. Melhora no PIB

A geração de empregos, por si só, já é uma forma de aquecer a economia do país, uma vez que com poder de compra para as pessoas, o mercado funciona de maneira mais eficiente.

Outro impacto gerado na economia é relacionado ao PIB, muito associado as atividades de construção. É um setor que representa mais de 6% do PIB do Brasil.

De acordo com a CBIC, o crescimento visto no PIB brasileiro, geralmente, vem acompanhado do crescimento da Construção Civil. Aumentos de incentivos no setor sempre melhoram os resultados econômicos obtidos.

3. Atração de investimentos estrangeiros

Investimentos estrangeiros são sempre benéficos para a economia. 

Relações internacionais positivas auxiliam na valorização da moeda na bolsa e reduz as taxas de juros no setor.

O setor de construção civil em um país muito populoso é sempre um bom investimento quando a economia está estável. 

4. Otimização das infraestruturas públicas

Atrair investimentos internacionais e oferecer condições para o bem-estar social dependem de bons investimentos em infraestrutura. 

A construção tem papel fundamental nesse ponto.

Por meio de licitações, concessões, privatização ou parcerias público-privada, construtoras podem conquistar os projetos de obras públicas, impactando:

  • Mobilidade, por meio da construção de rodovias, ruas, avenidas, aeroportos e outros.
  • Saneamento básico, realizando obras de vazão de água e contra enchentes, por exemplo.
  • Habitação, construindo projetos para o Minha Casa, Minha Vida.
  • Saúde, com a construção de postos de saúde e hospitais.
  • Sistemas de energia.

Obras públicas de infraestrutura, geralmente, são muito grandes, o que significa que impactam muito positivamente a geração de empregos e a economia do país e seu resultado é essencial para aumentar a produtividade e qualidade de vida. 

No entanto, dependem de uma boa gestão de recursos e investimentos.

5. Investimentos em moradia

Construtoras que atuam no ramo habitacional oferecem, constantemente, novas oportunidades de moradia. 

Esse crescimento da oferta, em um mercado com mais empregos sendo gerados, gera um novo resultado positivo: investimento e incentivos para a população.

O governo oferece diversas formas de financiamento e linhas de crédito para subsidiar a compra de residências para a população com menores condições econômicas. 

Com isso, a vida de aluguel é reduzida e, no médio prazo, a população tem sua renda livre para injetar em outras áreas do mercado.

6. Desenvolvimento tecnológico

Com o desenvolvimento e crescimento da construção civil, principalmente dentro de um contexto onde a preocupação com o meio ambiente se intensifica, não é raro ver novas tecnologias da Transformação Digital sendo desenvolvidas.

A relação entre construção e tecnologia é íntima. De softwares de gestão de obras a materiais novos, são várias as possibilidades. Uma das mais recentes inovações e que se aplica diretamente no canteiro de obra é a impressão de partes com impressora 3D para serem usadas na construção. Podemos citar, ainda:

  • Uso de drones para mapeamento de terreno;
  • Asfalto que absorve água;
  • Sistemas de reuso de água em residências;
Investimento e inovação em construção civil

Para crescer, a economia depende de investimento em inovação

São diversos os benefícios da construção civil para a economia, mas seus impactos positivos dependem da forma como as construtoras trabalham. 

Não é possível contribuir quando os processos internos não são alinhados e as oportunidades que o mercado oferece não são aproveitadas.

Toda construtora deve ser capaz de construir orçamentos corretos para garantir que clientes não sejam prejudicados e para participar de maneira justa de licitações. 

Gerar empregos depende de ser capaz de administrar o financeiro e organizar os projetos de forma a poder bancar a mão de obra necessária.

Por esses e outros motivos, toda construtora que deseja contribuir com o crescimento da economia do país e, como consequência, aumentar seu crescimento e lucratividade depende de investimento em inovação e excelência na gestão.

Apenas com o suporte da tecnologia, principalmente de softwares de gestão de obra, é possível ter o controle que otimize os processos no canteiro de obras. Construtoras que investem conseguem:

  • Reduzir custos;
  • Evitar desperdícios;
  • Ser mais sustentável;
  • Eliminar a ocorrência de acidentes;
  • Aumentar o número de projetos realizados;
  • Oferecer o máximo em qualidade e eficiência das obras.

Quer saber como sua construtora pode alcançar esses resultados? Acompanhe os conteúdos que a Obra Prima oferece para ajudar construtoras a crescer e lucrar todos os dias.