ABNT na construção civil

ABNT na construção civil: descubra quais são as principais normas!

Entenda como as normas regulamentadoras da ABNT na construção civil ajudam na padronização e SST dos processos de construção.

Todo mundo já ouviu falar sobre a ABNT, a organização sem fins lucrativos chamada de Associação Brasileira de Normas Técnicas. Essa organização, fundada em 1940, é a principal responsável por manter a padronização e qualidade em diversos setores por meio de suas Normas Regulamentadoras.

As diversas normas para técnicas produtivas padronizadas pela ABNT fazem parte das exigências e selos de qualidade de diversos setores e, entre eles, está a construção civil. Sim, existe um conjunto de Normas Regulamentadoras, as NRs, específicas para a infraestrutura da construção civil na ABNT.

Essas normas técnicas não são necessariamente exigidas por lei, ainda que muitas delas sigam de perto as recomendações e exigências da lei para o setor. Ainda assim, são essenciais para construtoras que desejam reduzir riscos e melhorar a qualidade de seus projetos.

Conheça aqui as principais normas que a ABNT que sua construtora deve começar a pensar em incorporar.

A importância e as principais normas ABNT na construção civil

Normas Regulamentadoras são extremamente importantes na construção civil. 

Leia também:

As principais Normas Regulamentadoras que se aplicam a Construção Civil >

É com as padronizações e diretrizes que elas oferecem que se torna possível fiscalizar os projetos e garantir que todas as medidas para proteger a saúde e segurança do trabalhador, a durabilidade e qualidade das estruturas e de segurança fiscal e jurídica sejam cumpridas.

A construção civil conta com cerca de 881 Normas Regulamentadoras, todas elas já aprovadas pela ABNT. Além dessas normas, ainda existem diversas outras que estão sendo debatidas e em processo de aprovação. 

Ou seja, a tendência é que nos próximos anos novas normas apareçam para atender as necessidades e corrigir problemas enfrentados no setor da construção.

Conheça aqui as principais normas para que sua construtora evite problemas entre as NRs que já estão aprovadas e vigentes:

1. NR 4

Essa NR tem grande  importância por atender diretamente temas relacionados à saúde e segurança dos trabalhadores no canteiro de obras. 

A NR 4 traz como foco os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) e exige, entre outras coisas, que os profissionais sejam habilitados e tenham registros para desempenhar suas atividades.

Assim, é um sistema de controle da documentação e habilitação de engenheiros, arquitetos, técnicos de SST, enfermeiros e médicos do trabalho, garantindo que esses profissionais tenham a formação e capacitação exigida para cada profissão.

2. NR 6

Na Norma Regulamentadora 6 o tema abordado são os Equipamentos de Proteção Individual, os EPIs, como óculos, luvas, capacetes, vestes refletoras, máscaras e outros.

Esses equipamentos são muito  importantes para a proteção da saúde e integridade física dos trabalhadores, fazendo parte dos equipamentos de SST focados em reduzir riscos de acidentes e doenças ocupacionais no canteiro de obras.

3. NR 7

Mais uma das regulamentação sobre SST, é a norma que exige das construtoras a elaboração e implementação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

Segundo a Norma Regulamentadora 7, empresas de construção civil precisam possuir um programa que desenvolva estratégias e fiscalize normas para prevenir riscos à saúde do funcionário. 

Esse programa exige um acompanhamento constante dos empregados, de forma que doenças ocupacionais possam ser evitadas e, quando ocorram, identificadas e tratadas rapidamente.

4. NR 8

Nem só de SST vivem as Normas Regulamentadoras da ABNT na construção civil. A NR 8 é apenas uma das normas que traz padrões relacionados aos requisitos técnicos mínimos para obras e edificações.

Nessa norma, esses requisitos são detalhados para servirem de guia para o planejamento e execução, buscando garantir a segurança e conforto envolvidos não só na execução do projeto, mas também em seu uso após conclusão das obras.

5. NR 12

Aqui temos as diretrizes da ABNT na construção civil para o uso de equipamentos e máquinas no canteiro de obras. 

A norma descreve as medidas de proteção de trabalhadores no uso dessas máquinas e equipamentos, esclarecendo riscos, protegendo a saúde e integridade física dos funcionários e definindo responsabilidades do empregador.

6. NR 18

Mais do que considerar o canteiro de obras, é essencial que as construtoras pensem nos impactos que seu funcionamento interno pode ter. 

É por isso que o foco desta norma regulamentadora é o planejamento de obras e a administração das construtoras e outras empresas da construção civil.

Na NR 18 são estabelecidos os controles e diretrizes de prevenção de acidentes, melhores processos e condições de trabalho. 

Assim, de um ponto de vista mais administrativo, define as qualificações exigidas dos trabalhadores e melhores práticas de processos de dimensionamento, montagem, manutenção e operação de atividades e equipamentos no canteiro de obras.

7. NR 35

A Norma Regulamentadora 35 trata de um tema muito específico na construção civil: os trabalhos em altura, ou seja, a mais de 2 metros do nível inferior. Ela considera tudo, desde o planejamento do projeto e organização do canteiro até a execução de obras.

Toda construtora sabe que os riscos à saúde e segurança do trabalhador em construções de edifícios são maiores. Isso porque, além de todos os riscos a nível do chão, é preciso pensar na possibilidade de quedas de materiais, perigos de um dia de ventos muito fortes e riscos de quedas de trabalhadores.

Basta uma viga mal colocada ou um elevador que não cumpre a norma para o risco de uma queda fatal dobrar. 

Por isso essa norma traz todas as diretrizes sobre quais as informações de segurança essenciais para esses projetos, os equipamentos obrigatórios durante as atividades e medidas preventivas que podem ser tomadas.

Normas Regulamentadoras da ABNT na construção civil salvam vidas

Seguir as NRs estabelecidas para a construção civil pela ABNT é obrigação de toda construtora. No entanto, é importante que elas não sejam vistas apenas como normas obrigatórias, mas como elementos estratégicos e de segurança indispensáveis para manter a qualidade e segurança nos projetos.

Essas normas salvam vidas, explicitam e previnem riscos à SST e garantem padrões de qualidade que fazem toda a diferença no resultado do projeto. São normas que salvam vidas ao mesmo tempo que trazem mais credibilidade e crescimento para a construtora.

Quer ficar por dentro de tudo o que é preciso saber sobre as Normas Regulamentadoras da ABNT na construção civil? Acompanhe o blog Obra Prima e fique por dentro dos temas mais relevantes da indústria da construção.

software de gestão de obra