Como aumentar a produtividade em pequenas construtoras

Como aumentar a produtividade em pequenas construtoras

Você quer ter mais controle de obra, mas tem medo de desapegar de alguns processos e ver o negócio desandar? Então este texto é para você!

Sabe quando só a gente entende do próprio negócio? Pois é, essa é uma sensação de solidão. Além disso, ser a única pessoa capaz de saber como organizar a obra faz tudo depender do seu aval e da sua presença.

Mas se a sua ideia é crescer, então é importante desapegar de alguns processos para conquistar mais produtividade na construção civil. Pode parecer impossível, mas dá pra fazer mais com menos ao buscar algumas mudanças significativas.

O uso da tecnologia na construção civil, principalmente na gestão de obra, já não é tão restritivo. Há alguns anos existiam poucas opções de mercado voltadas a empreendedores PME (Pequenas e Médias Empresas). Mas, hoje, o mercado conta com várias opções, inclusive gratuitas, que podem contribuir para o controle de obra.

Antes de escolher uma ou mais tecnologias para garantir maior produtividade na construção civil, listaremos em quais pontos da gestão elas são cruciais, podendo, inclusive, permitir que seu ambiente de trabalho se torne visualmente mais organizado. Mesa bagunçada é coisa do passado!

Vamos descobrir quais são esses pontos?

1 – Delegar tarefas de gestão de obras

Descentralizar a gestão parece algo impossível. Isso porque, como já comentado no início deste texto: só você parece saber do que é necessário para a gestão de obras. Mas essa impressão precisa ser dissipada, desmentida e combatida.

Sabe por quê?

Porque ela impede o seu crescimento e o da construtora. Além disso, não permite que você saia um pouco do estágio de vigília. Talvez tenha chegado a hora de contratar alguém para os serviços administrativos ou de delegar mais funções ao time que você já tem.

Afinal de contas, para um negócio dar errado, não há nada mais perigoso do que um empreendedor cansado, que perde a paixão pelo que faz.

Para evitar esse cenário extremo, entenda que o seu maior inimigo pode estar no ato de centralizar tudo. Delegue o orçamento de obras, as compras de materiais e a elaboração dos projetos. Isso não significa deixar de acompanhar. Quer dizer apenas que você não será a peça fundamental para que esses processos ocorram.

Existem várias soluções (gratuitas ou não) que ajudam na gestão de tarefas, principalmente das administrativas. Com elas, você visualiza o status de cada ação, podendo acompanhar tranquilamente as atividades, envolvendo-se de maneira direta apenas quando necessário.

Experimente:

Eles apresentam funções semelhantes, mas alguns recursos podem ser mais adaptáveis ao seu negócio. E isso só você ou a sua equipe podem avaliar.

2 – Organizar processos

Ao delegar tarefas e usar algumas dessas ferramentas mencionadas, você já passa para o próximo item da lista de como aumentar a produtividade na construção civil em pequenas construtoras.

Você imagina qual é o seu principal ganho nesse caso?

Evitar retrabalhos!

Um dos maiores vilões da sua produtividade é fazer novamente aquilo que já deveria estar resolvido. E isso vale tanto para um muro fora de esquadro quanto para um fluxo de caixa no qual há falta de informação.

No primeiro caso, você precisará derrubar o que já construiu, perdendo material e tempo. No segundo, além de recalcular tudo e digitar novamente notas fiscais e outros documentos em planilhas, há o risco financeiro.

E tudo isso remete há mais controle de obra nos âmbitos administrativos e operacionais!

3 – Aumentar o controle de obra

Quando você aumenta o controle de obra, evita desperdícios de recursos, sejam eles financeiros, humanos ou materiais. E esse é o melhor dos cenários.

Mas como é possível exercer o controle de modo mais produtivo?

Existem vários caminhos, mas queremos lhe oferecer três opções práticas:

  • Mudança de layout do canteiro

Sabe quando o seu mestre de obras precisa comandar a equipe na construção de uma caixaria, mas a madeira está do lado externo, o cimento no abrigo, as treliças estão espalhadas e os vergalhões jogados no meio do canteiro? Isso sem contar o saibro espalhado pela calçada, correndo risco de ser levado rua abaixo caso chova.

Esse cenário é sinal de que uma mudança de layout no canteiro de obras é necessária para que os pedreiros façam menos traslados de material. Ter um lugar para cada material faz muita diferença na busca por mais produtividade na construção civil. Se chegou uma carreta de areia de reboco, é prioridade trazer o material para um local seguro, em que não haja risco de desperdício.

  • Gestão de compras

Os materiais que geram mais perdas no dia a dia do seu negócio são mais usados. E um dos pontos nos quais a gestão da construtora pode melhorar está na compra desses insumos. Nesse caso, grandes estoques significam grandes perdas, tanto pelas condições adversas do canteiro quanto pela mobilização desnecessária do seu capital de giro.

Por isso, mesmo que se evite um aparente retrabalho, comprar todo o cimento, cal, areia e saibro britado necessários para uma etapa de obra não é a decisão que mais gera produtividade na construção civil. Tenha alguém disponível para fazer as compras sempre que necessário. Só assim os resultados serão melhores.

  • Controle de estoque

Por fim e como continuidade das outras tarefas, desenvolva metodologias de controle de estoque. Dar entradas nas notas fiscais e calcular o tempo médio de uso e recompra de materiais pode ajudar o controle de obra a aumentar.

4 – Investir em tecnologia na construção civil especializada

Depois de cumprir todas essas três etapas, você está preparado para dar um novo passo: investir em tecnologia para a construção civil.

Sabe por que esse seria um ponto de virada?

Porque essa quarta mudança ajuda a consolidar as anteriores e é precursora de muitos outros ganhos de produtividade na construção civil.

Hoje você precisa ser muito cuidadoso com as planilhas, que não são especializadas para obras. Elas foram adaptadas para suprir demandas muito importantes para construtoras de pequeno porte com grandes desafios de crescimento.
Um deles está em negar projetos por falta de braço para organizar a obra nova. O que é facilmente resolvido com alternativas que gerem mais produtividade na construção civil. E se você quer conhecê-las a fundo, continue navegando pelo blog do Obra Prima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *