Concreto usinado: vantagens e desvantagens do concreto usinado

Concreto usinado: o que é, como é feito, vantagens e desvantagens.

Entenda a diferença entre o concreto usinado e o concreto tradicional, como ele é feito e quais são as suas vantagens e desvantagens. 

A grande diferença entre o concreto usinado para os outros é aquilo que se chama de “dosagem central”, ela é feita de maneira controlada e monitorada.

Assim, se espera que a qualidade desse concreto seja superior do que aquele rodado em obras. 

E ele é todo preparado e misturado em uma usina de concreto e é transportado até o canteiro de obras já preparado para aplicação na construção. 

É comum que o concreto usinado seja bombeado com mangueiras diretamente no lugar da aplicação porque essa mistura é mais fluída do que o concreto convencional. 

A mistura de cimentos, agregados e água para obter o concreto usinado é feita de acordo com o NBR 7212/2012 (Execução de concreto dosado em central – Procedimento)

Ele pode ser transportado para os canteiros de obras em caminhões betoneiras ou em veículos que não possuem equipamentos de agitação. 

3 diferenças entre o concreto usinado para o concreto virado em obras

Mas, você pode estar se perguntando qual é a diferença prática entre tipos de concreto, uma vez que já está acostumado com o tradicional. 

De maneira geral, não existe uma grande diferença, o que é suficiente para não precisar se preocupar com os profissionais se adaptarem ao novo material. 

Mesmo assim, as diferenças são significativas o suficiente para justificar a transição e deixar você ciente de que o concreto usinado é uma opção melhor. 

Confira as três diferenças básicas: 

  1. Homogeneidade da mistura
  2. Custo de aplicação
  3. Precisão da capacidade estrutural

Vamos explicar melhor os três: 

  1. Homogeneidade da mistura: 

Por ser uma solução industrial, a homogeneidade é bem maior do que a do concreto virado em obra, que trata-se de uma composição bem mais artesanal. 

Na dosagem feita em central não existe diferença entre um caminhão de concreto e outro, é a mesma composição sempre, na mesma quantidade. 

  1. Custo de aplicação

De maneira geral, o concreto usinado é mais resistente por um custo mais baixo. Além de considerar a própria mistura, o processo de aplicação é mais rápido e organizado. 

Isso tudo abaixa o custo do concreto usinado quando comparamos com o concreto tradicional. 

Uma vez que temos menos tempo de aplicação, menos pessoas no canteiro e uma mistura com uma qualidade maior. 

  1. Precisão da capacidade estrutural

Mais uma vez a composição industrial é um aspecto que favorece o concreto usinado. Quando a dosagem é virada na obra, o controle de água não é tão preciso quanto na usina. 

E isso pode enfraquecer a mistura. 

Já o concreto usado é produzido para garantir que a capacidade da estrutura que promete seja sempre mantida. Isso o torna uma escolha mais precisa e segura. 

Vantagens e desvantagens do concreto usinado

Agora que já falamos sobre a diferença entre os tipos de concreto, vamos trazer as vantagens e desvantagens de usar concreto usinado.

Vantagens do concreto usinado: 

  • maior controle na qualidade do concreto;
  • maior custo-benefício;
  • diminuição do desperdício de materiais;
  • redução do número de trabalhadores na construção;
  • a dosagem em usinas permite a fabricação de concretos com grande resistência e características específicas com a utilização de aditivos;
  • ganho de espaço físico na obra por não precisar estocar grandes quantidades de sacos de cimento, brita e areia;
  • ganho na produtividade no canteiro de obras.

Desvantagens do concreto usinado: 

  • preço relativamente superior ao produzido em obra;
  • impossibilidade ou dificuldade de trabalhar com pequenas quantidade do material;
  • dependência da concreteira em relação a disponibilidade de entrega;
  • se ocorrer atrasos na entrega provocados por imprevistos como trânsito e congestionamentos, a qualidade do concreto pode ficar comprometida;
  • dependência da concreteira para disponibilidade de entrega. 

Ufa, são muitos aspectos para se pensar na hora de planejar uma obra, né? 

Por isso, estamos aqui para te ajudar nesse processo. 

Leia também: 

Ordem de compra na construção civil: o que você precisa saber?

4 curiosidades sobre a construção civil

Dicas rápidas para manter o fluxo de caixa da construtora em dia!

Software de gestão de obras