Crescimento da construção Civil em 2021

Construção Civil volta a prever crescimento para 2021

Conheça as previsões de crescimentos para a Construção Civil para o último semestre de 2021 e prepare sua construtora para lucrar nos próximos meses.

A construção civil tem enfrentado muitas dificuldades nos últimos anos. Quando o setor começava a se recuperar da última crise e voltava a ter previsões positivas de crescimento, a pandemia de coronavírus que paralisou o mundo começou e, uma vez mais, o setor se viu em meio a incertezas.

Com o passar dos meses de pandemia a indústria da construção civil viu seu crescimento desacelerar, enfrentou a falta de insumos e as altas nos preços de materiais.

Essa realidade fez com que o ano de 2021 começasse com previsões muito pouco otimistas em relação ao que se esperava e com um otimismo que se segurava na corda bamba. Ainda assim, as esperanças se mantiveram e agora é hora de colher os frutos.

O otimismo volta a reinar no setor da construção civil e o segundo semestre traz previsões de crescimento muito positivas. Saiba mais sobre o crescimento esperado da construção civil em 2021.

Construção civil e crescimento: conheça as previsões otimistas para os últimos meses de 2021

Como destacado em matéria da Agência Brasil, a pandemia trouxe muitos desafios para o mercado da construção civil, com destaque para a escassez de matérias primas, principalmente do aço, e o consequente aumento de custos. 

Com isso, as expectativas de crescimento eram baixas, alcançando apenas 2,5% em março.

No entanto, com o passar dos meses as análises de mercado começaram a mudar e as expectativas da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) para o segundo semestre se mostram mais positivas. 

As últimas notas apresentadas mostram a expectativa de crescimento para 2021 em torno de 4%.

Análise dos dados levantados pela CBIC feita pelo Correio Braziliense traz a informação de que mesmo com as altas de insumos e falta de produtos no mercado, a recuperação da construção civil já era visível em junho.

Esse foi o mês em que o setor alcançou 51 pontos em nível de atividade, tendo desempenho inferior apenas ao mês de setembro de 2020, em que chegou a 51,2 pontos. Analisando um período maior de tempo vemos que é o melhor mês de junho para o setor desde 2011, quando a pontuação chegou a 51,7.

A positividade em relação às expectativas para o setor nesse próximo semestre de 2021 é justificada pelos dados apresentados, uma vez que, mesmo com o aumento nos preços, foi verificado no final do segundo trimestre esse grande crescimento nas atividades.

Pesquisas colocam como motivos para esse crescente desempenho de atividades, mesmo com a pandemia:

  • Incentivos para financiamentos imobiliário;
  • Taxas de juros que se mantiveram baixas;
  • Aumento e consistência na demanda por pequenas obras e reformas;
  • Melhora no ambiente econômico.

No entanto, mesmo com as projeções otimistas é necessário lembrar que o mercado da construção civil ainda tem muito que recuperar. 

Como afirma a economista da CBIC, Ieda Vasconcelos: “É preciso considerar que de 2014 até 2020 o setor acumulou uma queda de 33,34%. E mesmo com o crescimento de 4% em 2021, a retração desse período continuará superior a 30%, o que é bastante expressivo. 

A construção precisará continuar a crescer mais alguns anos nessa intensidade para que a recuperação total aconteça”.

O que sua construtora pode fazer para se manter em crescimento?

Com um mercado que prevê crescimento em 2021 e a construção civil novamente otimista, construtoras não podem descuidar de seus processos e possibilidades de lucratividade e crescimento.

Ainda que se espere um bom crescimento do setor, apenas as empresas preparadas para aproveitar as oportunidades poderão se destacar e ter os melhores retornos sobre seus investimentos e projetos.

É hora de dar uma atenção ainda mais especial à gestão de obras e garantir a otimização de processos, redução de custos e eliminação de erros. 

Apenas com esse controle as empresas da construção civil poderão aproveitar as oportunidades do mercado e fortalecer o crescimento do setor no segundo semestre de 2021.

Buscar ferramentas que ofereçam destaque de mercado e que sejam capazes de eliminar redundâncias e desperdícios no escritório e no canteiro de obras é um diferencial essencial para destacar-se e crescer no mercado.

Cada detalhe faz a diferença nesse momento.

Investir para ganhar: os benefícios e diferenciais da gestão de obras eficiente

Com os preços dos insumos ainda altos e com materiais que seguem em falta, ter um bom planejamento de obras e controlar uso de materiais, gestão de estoque e cronogramas de obras de forma eficiente é mais que um diferencial, é uma necessidade.

Apostar em um software de gestão de obras é a resposta mesmo para as pequenas construtoras. 

A automatização de processos garante que orçamentos sejam mais assertivos e que o controle de documentos e cronogramas de obras tenham o acompanhamento necessário para alcançarem máxima qualidade na execução.

O otimismo no mercado de construção civil para o final de 2021 oferece às construtoras a chance de aproveitar novas oportunidades. No entanto, sem processos organizados de construção, qualquer investimento pode se converter em prejuízo.

As tecnologias são as melhores amigas nesse momento e ter uma gestão de obras controladas é o que fará sua construtora crescer junto com as previsões de mercado.

Quer descobrir como inserir um software de gestão de obras em sua construtora e aproveitar os benefícios dessa tecnologia para melhorar a lucratividade dos seus projetos? Acompanhe os conteúdos exclusivos do Obra Prima e descubra as 5 formas de aumentar a lucratividade na construção civil.

software de gestão de obra

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.

Sugestão de conteúdo: