Crescimento na construção civil: pequenas e médias construtoras vão crescer em 2022.

Crescimento na construção civil: 6 passos pra sua construtora em 2022

Descubra como organizar os processos da sua construtora para alcançar crescimento na construção civil em 2022.

Os anos de 2020 e 2021 foram um grande desafio para a construção civil. 

Quando o setor começava a se recuperar de um período difícil e apresentar crescimento, a pandemia do coronavírus freou os projetos e obrigou muitas construtoras a reavaliar os negócios.

Ainda que muitos desafios tenham sido enfrentados, foram anos de otimismo e de crescimento reduzido, mas existentes. 

Pequenas e médias construtoras que souberam reorganizar seus processos e decisões estratégicas.

Investindo nos elementos certos para melhor aproveitar as oportunidades sobreviveram com um pouco mais de fôlego.

Se existe uma lição a ser tirada de tudo que o setor passou e para ser levada no ano de 2022 é a necessidade de se preparar com bases sólidas para enfrentar possíveis novos desafios.

Com o mercado melhorando, é hora de descobrir os passos para alcançar crescimento na construção civil no ano que começa.

Os 6 elementos indispensáveis para o crescimento da construtora em 2022

Alcançar crescimento com as obras da sua construtora depende de uma grande variedade de fatores, cumprimento de diferentes Normas Regulamentadoras e controle de processos internos.

É um processo constante de melhoria na gestão de obras e dos negócios e, por isso, pode se colocar como um desafio, principalmente com a crescente competitividade da construção civil.

Ainda que seja um processo complexo, existem alguns passos principais que tornam a conquista de crescimento mais acessível e real para as construtoras. Veja aqui os elementos indispensáveis para o crescimento na construção civil 2022.

1. Controle do fluxo de caixa

Controlar a saída e entrada de dinheiro das contas da construtora é essencial para garantir a estabilidade financeira necessária para o crescimento na construção civil.

Apenas com o controle do fluxo de caixa é possível saber quanto de recurso financeiro a construtora dispõe para investimentos.

Ter um bom controle de fluxo de caixa é saber as datas de pagamentos de contas, datas de recebimento dos clientes e constantemente verificar se esse planejamento está sendo cumprido.

Se sua construtora é capaz de manter esse alinhamento e não atrasar contas, será capaz de prever futuros custos, estar preparada para atrasos no recebimento e se organizar para investir.

2. Evitar erros nas obras

Erros na execução de obras são um grande impedimento para o crescimento da empresa. 

Na prática, um erro significa retrabalho, consumindo mais tempo que o previsto, podendo gerar atrasos que minam a confiança do cliente.

E significam um gasto não planejado de materiais, que por sua vez custa dinheiro não previsto e gera prejuízos ao orçamento.

Evitar erros exige otimizar o planejamento e acompanhamento da obra, inserir Relatórios Diários de Obras (RDO) no dia a dia do canteiro e estar sempre de olho no cronograma físico-financeiro para identificar potenciais problemas.

Além disso, é essencial buscar sistemas de gestão que produzam orçamentos mais assertivos e análises de risco mais eficientes.

3. Investir em tecnologia (e em softwares de gestão de obras, obviamente)

A tecnologia da construção civil é o melhor amigo do crescimento. 

Não só na construção civil, mas em todas as áreas. 

Tudo que é desenvolvido ou adaptado para a construção civil tem como foco melhorar a produtividade, reduzir desperdícios e eliminar erros.

Basta um drone para um acompanhamento e medição de obras mais eficientes.

Um simples programa de Realidade Aumentada pode automatizar o planejamento e os softwares de gestão de obras estão sempre ali para integrar etapas do planejamento e execução e garantir as melhores práticas.

Investir em tecnologias, então, é investir em melhorias no dia a dia dos projetos, do planejamento à entrega, com especial atenção à execução. 

Mais do que otimizar processos, são um diferencial de qualidade e profissionalismo.

4. Apostar em diferenciais que garantam mais clientes para a construtora

Se as tecnologias são um diferencial, é hora de começar a apresentá-las corretamente para seus clientes. 

Analise com cuidado o nicho do mercado em que sua construtora atua, avalie o perfil dos clientes que você deseja atender e identifique o que é mais importante e pode se tornar um diferencial.

É importante, ainda, identificar os diferenciais da construção civil como um todo.

Como é o caso da sustentabilidade, que tem se tornado elemento cada vez mais importante na hora do cliente escolher a empresa com a qual vai trabalhar.

Busque uma variedade de diferenciais.

Sejam eles o uso de Realidade Aumentada para melhorar a experiência do cliente no planejamento, seja sistemas de comunicação diferenciados para um atendimento personalizado ou a contratação de profissionais qualificados.

Diferenciais nem sempre vão significar tecnologias, por isso é sempre importante observar as novidades e tendências que surgem no mercado de construção civil e identificar o que pode beneficiar mais seus projetos.

5. Ter um controle sob a gestão de compras

Muitas construtoras pensam que a gestão financeira é suficiente na hora de organizar as compras de insumos para as obras. 

No entanto, o departamento de compras precisa de um controle próprio.

Claro, o departamento de compras não pode ser mantido sob controle sem ser integrado ao financeiro e estoque.

Já que as decisões de compras dependem de disponibilidade de verba e espaço.

O que é preciso ter em mente é a necessidade de, mais do que saber quando e quanto comprar, é essencial ter um controle de com quem comprar, registrar históricos sobre os fornecedores com melhor custo-benefício e que melhor cumprem prazos.

Essa relação com o fornecedor, que beneficia a obra e a negociação de preços e prazos de pagamento, depende de uma boa gestão de compras, análises de curva ABC e atenção a detalhes que apenas considerando compras em suas particularidades oferece.

Cuide da sua gestão para crescer em qualquer cenário

Se temos que escolher a melhor dica para construtoras que desejam crescimento em 2022, com certeza é: invista em gestão de obras. 

Esse sistema de gestão é o único que abrange toda e qualquer tecnologia adotada, integrando-as com processos internos de planejamento, execução e controle de imprevistos e oportunidades.

Um bom software de gestão de obras é um diferencial que construtora nenhuma, independente do porte, pode deixar de ter em 2022. 

Não importa o caminho escolhido, essas ferramentas e suas funcionalidades sempre serão uma alavanca para otimizar os resultados das estratégias.

Com controle de estoque, compras, financeiro, execução e acompanhamento de obras, são ferramentas completas para superar as dores e desafios de hoje e de amanhã, olhando os erros do passado e evitando repeti-los.

Conheça aqui um pouco mais sobre as funcionalidades do software de gestão de obras Obra Prima e descubra como ele pode alavancar o crescimento da sua construtora em 2022.

Software de gestão de obras