fluxo de caixa da construtora

Dicas essenciais para o fluxo de caixa da construtora

Descubra como otimizar a gestão do fluxo de caixa da construtora com dicas que toda construtora deveria seguir.

A gestão do fluxo de caixa, muitas vezes, acaba sendo colocada em segundo plano pelas construtoras, o que é um erro. Cada obra possui suas necessidades e cronograma. Garantir que os materiais estejam no canteiro de obras no momento e em quantidades exatas é essencial para a qualidade e andamento.

Para manter a constante alimentação de materiais e mão de obra, o mais importante é conhecer essas necessidades e conseguir controlar cada detalhe. 

O mais difícil é que cada um desses elementos gera um custo e, junto com os pagamentos do cliente, um movimento de entrada e saída de caixa.

Pobre do contador que deve administrar toda essa parte financeira, mais ainda se ele não recebe o suporte dos demais departamentos. 

Imagine cuidar do dinheiro sem receber informações claras sobre o andamento do cronograma de obras, controle do orçamento ou notícias sobre compras.

Parece uma tarefa impossível, mas é para isso que a gestão do fluxo de caixa da construtora existe. Descubra aqui as dicas que podem tornar ela ainda mais eficiente.

Fluxo de caixa de construtora: o que nunca ignorar?

Já debatemos no blog a importância do fluxo de caixa numa obra. Agora é hora de saber quais os elementos que não podem ser ignorados para que ele seja gerenciado da melhor forma possível.

1- Controlar seus recebimentos

Com mais de uma obra acontecendo, as parcelas de pagamentos dos clientes podem se misturar. Se cada obra tem seu orçamento, não parece lógico deixar o dinheiro recebido em uma bancar os custos de outra, não é?

Controlar seus recebimentos no fluxo de caixa da construtora é exatamente isso, organizar a entrada de caixa para que um projeto não sofra de falta de dinheiro por causa de outro.

É sim possível organizar os prazos de compras e pagamentos de materiais e mão de obra para que a parcela da obra 1 cubra os custos da obra 2 e nas seguintes o pagamento da obra 2 compense a contabilidade da obra 1.

Ainda assim, apenas com um controle muito grande e detalhado de quanto de dinheiro deve ser recebido e quando ele vai chegar é essencial. Lembrando sempre que atrasos no pagamento sempre podem acontecer, seu cliente também passa por imprevistos.

2 – Cuidado com com a inadimplência

“A grana está apertada esse mês, acho que vou deixar essa conta atrasar e pago depois.”

Se você nunca pensou isso na sua vida pessoal ou profissional, você tem muita sorte. Muitas vezes a contabilidade aperta, o cliente não paga em dia e é preciso escolher quais contas da construtora pagar e quais deixar atrasar.

Sim, as vezes atrasar uma conta para pagar coisas mais importantes é possível, mas é uma decisão que deve ser tomada com cuidado. 

Uma conta atrasada pode gerar muitos problemas.

Uma conta de água gera multas, mão de obra que não recebe não trabalha, fornecedor que não recebe não entrega os materiais. Tudo possui consequências.

Além disso, é essencial saber se as multas por atraso não vão gerar uma bola de neve que colocará a construtora em dívidas que possam levar a empresa à falência.

3 – Fazer um controle eficaz de pagamentos

Controlar os pagamentos evita problemas de fluxo de caixa e fiscais. Saber como, quanto e para quem pagar é essencial para fugir de:

  • Inadimplências;
  • Atrasos e multas;
  • Pagamentos duplicados;
  • Processos trabalhistas;
  • Problemas com licitações.

Toda construtora deve saber quais benefícios devem ser pagos para trabalhadores contratados e terceirizados, taxas e documentações das obras e custos diretos e indiretos para não sofrer no futuro.

Quer saber como fugir da inadimplência? Conheça as melhores soluções para a construtora garantir eficiência no controle financeiro. >

4 – Pensar no fluxo de caixa de forma estratégica

Planejar a entrada de saída de dinheiro pode parecer difícil, já que não depende só da construtora. No entanto, pensar no uso dos recursos financeiros da mesma maneira que se organiza o estoque, as compras e a execução de obras é essencial.

Estabelecer estratégias eficientes para que o uso dos recursos seja eficiente pode garantir o melhor resultado e retorno do dinheiro investido.

A estratégia no fluxo de caixa permite programar pagamentos, antecipar faturas, conquistar descontos, investir em tecnologias e muitas outras possibilidades que auxiliam no crescimento dos negócios.

5 – Acompanhar o fluxo de caixa diariamente.

Assim como acontece com a execução de obras, é essencial acompanhar dia a dia a saída e entrada de dinheiro. 

Apenas com um acompanhamento bem de perto é possível identificar desperdícios ou orçamentos que estão sendo ultrapassados, buscar as melhores negociações e evitar gastos acima do planejado.

Todo acompanhamento significa tempo para tomar as melhores decisões antes que riscos e problemas se concretizem e impactem negativamente a construtora.

6 – Investir em tecnologias que auxiliam no controle financeiro das obras 

Tecnologias na construção civil podem ser a luz no fim do túnel em momentos desafiadores e o diferencial competitivo para crescer em um mercado estável. Investir em tecnologia beneficia diferentes áreas dos negócios, incluindo o controle financeiro.

Softwares de gestão de obra como o Obra Prima, por exemplo, são muito lembrados na hora de organizar processos no canteiro de obras. 

No entanto, eles oferecem muitas vantagens, também, para a construtora que deseja organizar as contas.

As planilhas de custo, integração entre financeiro, compras e estoque e a atualização em tempo real das entradas e saídas de caixa permitem ter uma visão mais ampla do negócio e alcançar o controle de todas as dicas que mencionamos antes.

Gestão financeira é base para lucro na construção civil

Não importa se a margem de lucro é colocada nos orçamentos da forma correta ou não, programar um lucro é muito diferente de, efetivamente, conseguí-lo.

Construtoras que desejam ganhar dinheiro em lugar de apenas bancar a execução de obras devem evitar problemas, aproveitar oportunidades de economia e controlar os gastos com máxima eficiência e a única forma de conseguir isso é com um controle financeiro otimizado.

Identifique as falhas de sua construtora e busque as melhores soluções para um fluxo de caixa na construção civil mais bem estruturado agora mesmo e veja seu negócio crescer muito mais do que o esperado.