Construtor utilizando modelo de cronograma de obras

Modelo de cronograma de obras: existe um ideal?

Toda obra precisa de controle para garantir os melhores resultados. Descubra aqui o modelo de cronograma de obra perfeito para suas necessidades.

Obras podem ser projetos de grande complexidade. Cada detalhe das atividades realizadas tem grande importância na qualidade e segurança da construção e, por isso, deve ser controlada em cada detalhe. Além dos aspectos estruturais, construtoras e engenheiros devem, ainda, estar sempre atentos aos prazos e orçamento.

É por esse motivo que é essencial que toda obra adote um cronograma de obras, acompanhando cada processo de perto e reduzindo riscos de erros e imprevistos. Mas será que existe um modelo de cronograma de obras ideal?

O que é um cronograma de obras?

É cada vez mais comum entre os profissionais da construção civil buscar maneiras de tornar o planejamento e gestão de obras mais fáceis e eficientes. Por esse motivo, cronogramas para controle de obras são cada vez mais procurados.

Um cronograma de obra é um sistema de organização e controle da evolução das atividades. Existem diversas opções para a construção civil, desde cadernos de anotações e planilhas do Excel, até softwares especializados.

Independentemente da forma como se organize esse cronograma, o essencial é que ele contenha espaços para:

  • Marcar o tempo disponível para realizar cada etapa;
  • Observações sobre avanços e problemas;
  • Controle das atividades desenvolvidas em cada etapa;
  • Área de controle da carga horária cumprida pelos trabalhadores.

Um cronograma deve seguir uma lógica linear da evolução da obra, levando em consideração etapas de preparação, desenvolvimento e finalização. Além disso, não pode faltar o controle de orçamento e prazo, garantindo que todos os termos do contrato com o cliente sejam cumpridos.

Esses são pontos indispensáveis de um cronograma desse tipo. Quanto mais completo o cronograma, maior o controle que ele oferece à gestão. Muitas vezes, a melhor opção é buscar uma alternativa personalizável.

Com tantos detalhes a serem pensados, é possível encontrar um modelo de cronograma de obras ideal? 

Modelo de cronograma de obras: como escolher?

Existem três modelos principais para organizar a gestão de obra: planilhas prontas disponibilizadas por empresas de consultoria na área, software especializado e cronogramas criados por você.

Para escolher o modelo ideal entre esses para a sua obra, primeiro, é preciso conhecer o que deve estar nesse cronograma. Assim, você consegue verificar se o modelo encontrado atende todas as suas necessidades.

A escolha entre um ou outro modelo de cronograma de obra pode ser feita com base em diferentes aspectos.

Se você é uma pessoa que tem acesso a um notebook no local da obra e prefere uma opção completamente personalizável, a planilha do Excel é perfeita para você. Com ela, você pode alterar os campos a qualquer momento e basta imprimir para poder arquivar todas as informações.

Você pode escolher, ainda, se quiser baixar uma planilha pronta ou construir a sua. Lembre-se, fazer a sua do zero pode ser um desafio, principalmente no momento de automatizar as tabelas. Uma planilha do setor de construção civil pronta para baixar pode te dar mais segurança de que tudo será marcado corretamente.

Já em casos onde a maior parte do seu dia você passa mudando de lugar, o melhor é adotar um software de gestão de obra. Você pode personalizar os campos que necessita, tem todas as vantagens de um sistema automatizado e acessa de seu celular sem nenhum problema.

Quando consideramos que os softwares também possuem versão para computador, faz mais sentido buscar por esse modelo. Seu controle da evolução e etapas da obra se torna mais simples, acessível e visualmente mais agradável em um aplicativo específico para esse uso.

Quais itens um cronograma deve disponibilizar?

Mesmo para quem já decidiu qual o modelo ideal a ser usado em sua obra, é essencial ver se todos os itens necessários estão disponíveis. Existem 11 elementos principais em um cronograma eficiente. São eles:

1 Serviços preliminares

É a etapa em que a marcação de recuo e limites do canteiro, locação dos primeiros equipamentos e outros elementos anteriores ao início da obra ocorrem. O engenheiro ou construtor deve acompanhar esse processo.

2 Movimentação de terra

Aqui é realizada a primeira parte, corrigindo inclinações e irregularidades de terreno em que a obra será implantada. No cronograma é essencial controlar o tempo que essa etapa leva.

3 Fundações

Diferentes de um projeto para outro, apresenta os primeiros custos com materiais, além dos equipamentos e maquinário. O controle no cronograma assegura o cumprimento de prazos e dos gastos orçamentários.

4 Estrutura

Custos e descrição dos tipos de materiais utilizados, sistemas moldados in loco ou pré-moldados e o transporte de todos esses elementos devem estar detalhados.

5 Alvenaria

Existem diferentes tipos de alvenaria e o preço varia muito, influenciando no orçamento e no cronograma geral da obra.

6 Revestimentos

Revestimentos internos e externos são demorados e podem gerar muitos atrasos de prazo se não são controlados de maneira eficiente.

7 Pintura

Defina os tipos de pintura para cada região da obra e a ordem em que serão executadas evitando desperdício de tempo e material.

8 Esquadrias

Assim como os elementos anteriores, o tipo de esquadrias influencia no custo total da obra, devendo estar registrados no cronograma.

9 Pavimentação

Defina custos, tempo de execução e separação entre pavimentação interna e externa.

10 Instalações

São muitas: elétricas, hidráulicas, sanitárias, de incêndio e telefônicas. De certa maneira, a instalação de uma depende da organização e instalação das outras. Elas devem estar em campos separados do cronograma.

11 Cobertura

Defina a presença de telhado, laje e outros tipos de cobertura para evitar surpresas no orçamento depois.

Modelos de cronograma de obra e a tecnologia

Como foi possível perceber, o cronograma de obras é essencial para evitar atrasos, controlar custos e acompanhar a execução da obra. Com o uso da tecnologia, todo esse controle é simplificado, podendo ser acessado, por meio de softwares de gestão de obra, de seu celular em qualquer lugar.

Apenas com um aplicativo eficiente é possível garantir que sua obra será finalizada com qualidade, dentro do orçamento e no prazo combinando. Seus resultados são melhores e o trabalho de gestão de obras mais prático e preciso.

Software de gestão de obras