Boas práticas de controle financeiro para fazer a construtora crescer em 2021

Boas práticas de controle financeiro para fazer a construtora crescer em 2021

Ter controle financeiro é a única forma de reduzir desperdícios e erros financeiros e melhorar os rendimentos de sua construtora.

Pagar funcionários, compra de materiais, contas da construtora, entre muitas outras coisas a serem pagas. O orçamento de obras de cada projeto deve dar conta de bancar esses e muitos outros gastos que o dia a dia de uma construtora possui.

Ainda que o orçamento seja pensado para cobrir a compra de todos os insumos do projeto e tenha uma margem de lucro para custear o funcionamento do escritório e deixar um caixa para investimento, muitos problemas podem surgir no caminho.

Seja por atrasos na obra, acidentes e imprevistos que geram novas compras, é muito fácil perder o controle do orçamento e gastar mais do que o esperado.

É por isso que ter controle financeiro é essencial para os negócios. Veja que aqui não estamos falando de controlar apenas o orçamento dos projetos. Não, o controle financeiro envolve toda a entrada e saída de dinheiro da construtora, independentemente de quantas obras ela esteja executando.

Com o mercado se recuperando e o otimismo em relação ao crescimento dos negócios em 2021, entender e controlar melhor o financeiro pode ser um diferencial para a construtora.

Veja aqui as boas práticas que podem ajudar muito a conquistar esse controle e fugir dos prejuízos.

Boas práticas do controle financeiro: algumas dicas

Estabelecer boas práticas de controle financeiro é essencial para fugir de prejuízos e otimizar o uso dos recursos da construtora. Nada, no setor da construção civil, é eficiente se a entrada e saída de dinheiro do caixa não é controlada.

Veja aqui algumas dicas para melhorar a administração dos seus recursos financeiros.

1. Tenha uma estrutura de governança

Administrar os recursos financeiros de maneira eficiente depende de conseguir ter segurança nos investimentos e conseguir prever gastos e encargos dos projetos. É para isso que existe a governança, para que cada profissional saiba como, quanto e onde o dinheiro deve ser investido e recebido.

A governança ajuda a aumentar o controle financeiro da construtora por estabelecer um plano para pagamentos, receitas, cobranças e benefícios. Para cada negócio existirá um modelo próprio.

Cada construtora tem suas necessidades. As folhas de pagamentos são diferentes, as taxas variam de acordo com o tipo de obras realizadas e o rendimento mensal é variável. É considerando todos esses, entre muitos outros elementos, que a governança da sua construtora deve ser desenvolvida.

2. Automação de pagamentos

Organizar datas e autorizações prévias de pagamentos em um sistema de gestão pode ser uma grande vantagem. Autorizar e agendar pagamentos permite eliminar multas por atrasos e a preocupação em estar constantemente parando outras atividades para realizar pagamentos.

O pagamento escritural é uma boa forma de fazer essa automação, já que envia os boletos eletronicamente e automaticamente para que o banco faça a liquidação. É um processo que, além de prático, ajuda a manter a segurança das operações financeiras.

3. Aprovação do pagamento títulos por departamento

Cada departamento da construtora possui seus títulos a serem pagos. Organizar uma aprovação prévia por departamento desses títulos ajuda a eliminar tempo e burocracia do financeiro.

Claro, é necessário que cada departamento tenha um responsável por seus títulos, mas, ao menos, não será necessário enviar tudo para o financeiro, sobrecarregando esse profissional.

4. Vincular adiantamentos

Os pagamentos e recebimentos de uma obra, em geral, ocorrem no longo prazo. Isso porque esses projetos duram por muitos meses, algumas vezes anos. Imagine, então, passar o resto do seu ano preocupado em aprovar pagamentos de 8, 10 obras diferentes.

Quando existe um pedido ou contrato vinculando os pagamentos, é possível, e recomendado, organizar um adiantamento desses custos. Assim, os riscos de misturar pagamentos de várias obras e prejudicar a contabilidade da construtora se tornam muito menores, aumentando o controle financeiro.

5. Adote cartões de crédito corporativo

Existem muitos custos da construção que são pagos utilizando cartões de crédito. A variedade de cartões e pessoas utilizando pode causar a falta de controle do financeiro e gerar muitos problemas.

Adotar cartões de crédito corporativos por departamento é uma forma de eliminar essa dor de cabeça. Ao oferecer um cartão para cada departamento, oferecendo direcionamentos claros sobre como e quando utilizá-los ajuda a manter o controle.

Lembre-se: não perder o controle dos cartões exige acompanhar os gastos e fechar o ciclo de pagamento dos cartões mensalmente, aumentando a organização desses custos.

6. Planeje bem suas despesas

Parece óbvio e redundante, mas é sempre bom lembrar que planejar as despesas é essencial para o controle financeiro.

Organizar as datas de pagamento de forma inteligente ao longo do tempo, combinando com a entrada de dinheiro em caixa e deixando a reserva de investimentos e imprevistos intacta é a melhor pedida para manter o caixa em equilíbrio.

Controle financeiro na construção civil: gestione bem

Estruturar um controle financeiro é essencial e exige organização e responsabilidade das construtoras. Para conseguir os melhores resultados é sempre bom prestar atenção a alguns elementos como:

·   Situação da construtora: conhecer o capital de giro ativo que ela possui e como ele se distribui nos departamentos.

·   Verificar se a construtora tem conseguido lucro no fechamento mensal ou se ocorrem prejuízos.

·   Garantir que as equipes estejam treinadas para administrar bem os recursos financeiros e para aplicar as mudanças pretendidas.

·   Acompanhar os resultados com relatórios de desempenho mensais.

Para garantir que sua construtora consiga cumprir com essas tarefas e possa otimizar o uso do dinheiro, reduzindo custos e eliminando desperdícios, uma boa solução é a adoção de softwares de gestão de obra.

O Obra Prima oferece essa ajuda. As ferramentas de controle financeiro da plataforma permitem manter a integração entre os diferentes departamentos e gerar relatórios mais completos e com mais facilidade.

É uma solução tecnológica ideal para construtoras que precisam entender e controlar melhor seus processos de compra, a relação com fornecedores e o uso dos insumos no canteiro de obras.

Não deixe para depois o controle financeiro que sua construtora pode conquistar agora. Conheça a solução do Obra Prima e garanta o controle financeiro que sua construtora precisa para crescer e lucrar ainda mais no ano de 2021.

Leia mais sobre controle financeiro aqui: o custo individualizado por obras >

Descubra quais são os erros mais comuns do controle financeiro e como evitá-los >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + três =