Engenheiros analisando um cronograma de execução de obra

Precisamos falar sobre seu cronograma de execução de obra

Atrasar o cronograma de execução de obra é o pesadelo de todo profissional de gestão de projetos na construção civil. Mas, cá entre nós, quase todo mundo já passou por esse tipo de problema. Afinal, existem vários fatores que podem causar atrasos em obras. Alguns fogem ao controle, mas outros podem e devem ser controlados.

E você, até que ponto sabe da importância do cronograma de execução de obras e como administra essa tarefa na sua empresa? 

Vamos falar sobre isso?

Então, continue a leitura deste post e pegue um café para acompanhar nosso raciocínio. 

No post de hoje, você vai conferir tudo o que precisa saber sobre a relevância do cronograma de execução de obras para a entrega e o decorrer do projeto. Uma responsabilidade que precisa ser compartilhada não só pelo mestre de obras, como também por quem planeja e cuida dos projetos da construtora.

Boa leitura!

O que é cronograma de execução de obra?

Antes de entender o que é cronograma de execução de obra é preciso, primeiro, ter clareza sobre o planejamento de obras. Ou seja, prever todas as etapas envolvidas no processo e até mesmo problemas que possam prejudicar o cumprimento dos objetivos traçados.

Então, podemos dizer que o cronograma de execução de obra deve ser a materialização do planejamento de obras. Um documento que vai detalhar todas as atividades a serem executadas para que o projeto seja realizado. O que inclui custos, datas e responsáveis envolvidos.

Deve entrar no cronograma tudo o que será usado para a execução da obra, incluindo informações de diversos documentos relacionados a ela. Alguns exemplos são os orçamentos e projetos, além de orientações para uma execução sustentável.

Portanto, o que você precisa ter em mente para evitar qualquer problema é que o cronograma de execução de obras deve ser pensado junto com o planejamento. Eles não podem ser pensados separadamente porque são complementares.

Por que o cronograma de execução é importante para o gerenciamento de obras?

Tanto o planejamento quanto o cronograma de execução de obra, quando bem feitos, podem resultar em maior amadurecimento, competitividade e fortalecimento da construtora diante do mercado.

Sabe por quê? Porque é um processo que pode ser aperfeiçoado cada vez mais. O que vai tornar cada vez melhor a organização das atividades da construtora para conseguir atender aos prazos, ser mais eficiente e produtiva para executar suas obras.

Além do mais, caso aconteçam erros, todos os setores saem perdendo: os custos são elevados e os atrasos aparecem no canteiro de obras.

Como fazer um modelo de cronograma de obra?

Para montar seu próprio modelo de cronograma de execução de obras, é preciso listar e especificar tudo o que deverá ser feito para que o projeto saia do papel.

Quer facilitar o trabalho e deixar de perder tempo ao fazer o cronograma à mão? Você pode fazer isso com a ajuda de aplicativos de criação de planilhas eletrônicas como o Excel, que podem agilizar muito a construção do documento.

Confira algumas dicas de como criar um cronograma de execução de obras para trabalhar com máxima eficiência dentro e fora do canteiro de obras:

1. Liste as atividades necessárias para viabilizar a construção

Para começar a fazer o cronograma de obras, prepare uma lista com todas as atividades que precisam ser desenvolvidas para a execução do empreendimento.

Nela devem constar informações referentes à mão de obra, insumos, serviços elétricos e hidráulicos e também a quantificação de itens a serem usados.

A ideia aqui é prever os custos e dividi-los de acordo com o bloco ou pavimento a ser construído. Isso facilita muito a execução, além de evitar custos excedidos.

2. Defina as datas de início e término para cada uma delas

Agora, é hora de organizar a ordem das execuções a serem realizadas, que deve ser sempre cronológica.

Um serviço será iniciado no período x? Então, defina quando deverá ser finalizado e também qual será a próxima tarefa a ser executada.

Para melhorar a gestão de obras e ter mais controle sobre o que acontece no canteiro de obras, procure sempre esperar uma atividade ser concluída para começar outra.

Em alguns casos, pode ser necessário que duas ou mais atividades sejam realizadas ao mesmo tempo, mas elas precisam estar relacionadas.

3. Inclua as atividades relacionadas 

Atividades relacionadas são aquelas que podem ser executadas ao mesmo tempo. Elas são classificadas entre predecessoras, sucessoras e simultâneas.

Para facilitar o andamento da construção, crie o hábito de incluir essas relações entre as atividades no cronograma. Assim, fica mais fácil manter tudo dentro dos trilhos e de um raciocínio lógico e cronológico.

4. Mãos à obra para executar tudo o que foi planejado

Para atingir mais facilmente os objetivos previstos, a dica é seguir sempre o planejamento de obras como norte para executar as atividades. Quanto menos alterações forem realizadas no cronograma, menores serão os riscos de problemas como atrasos.

Mas, como obras estão suscetíveis a mudanças devido a imprevistos que fogem ao controle, caso eles aconteçam, não se sinta de mãos atadas. Se foram mesmo necessários, faça sem medo e pensando sempre em otimizar cada vez mais o processo de obra.

5. Analise os resultados obtidos para continuar a aprender e a otimizar seu cronograma de execução de obras cada vez mais

O projeto foi concluído e entregue? Calma, ainda não é hora de dar adeus ao cronograma de execução de obras utilizado até então. O que deve ser feito agora é a análise de resultados obtidos.

É a partir deles que sua construtora poderá aprender e aprimorar cada vez mais seus processos. Por isso, procure registrar e organizar sempre todas as informações das obras executadas. Assim, poderá conhecer melhor os pontos fortes e os pontos de melhoria do processo construtivo e também como vai a produtividade da construtora.

E aí, conseguimos te ajudar a entender melhor como montar um bom cronograma de execução de obras? Se quiser uma ajudinha extra para fazer o seu, baixe a nossa planilha gratuita de cronograma de obra. Com ela, você vai poder planejar e acompanhar todas as atividades e etapas envolvidas na viabilização da sua obra.