Pontos de atenção no acabamento de obras

Os principais pontos de atenção do acabamento de obras

Acabamentos de obras são um grande diferencial para o crescimento de construtoras e satisfação do cliente. Saiba como garantir os melhores resultados.

A construtora investe muito tempo e recursos no planejamento e execução das obras. Cada etapa é pensada com cuidado para que o máximo em qualidade seja alcançado respeitando cronograma e orçamento.

Os cuidados com a gestão de obras, no entanto, não se aplicam só ao planejamento e à execução. É essencial garantir que toda a qualidade durante a obra seja mantida no momento de dar acabamento à obra.

É importante ter em mente que o que os clientes veem ao receberem o projeto finalizado. Receber boas indicações e conseguir contratos futuros depende, então, de um acabamento de qualidade.

Descubra aqui como garantir o máximo de qualidade e beleza ao acabamento de obras.

Pontos de atenção do acabamento: o que nunca ignorar?

O acabamento é uma parte importante da obra, é ele que dá o visual de qualidade e beleza que seu cliente espera e que o faz sentir confiante no que a construtora executou. Por isso é importante ter muita atenção na hora de executar o acabamento e, para ajudar, trazemos algumas dicas:

Pisos e azulejos

O acabamento dos pisos e azulejos começa com a escolha de uma boa argamassa e rejunte. São esses materiais que vão garantir uma boa aderência e um visual profissional para suas paredes e chão.

Muitos profissionais recorrem ao cimento na falta da argamassa, mas essa medida não é indicada para quem deseja um acabamento de qualidade. O cimento não oferece a qualidade necessária e vai acabar causando retrabalhos no futuro.

Qualidade é essencial também na escolha dos próprios pisos e azulejos, já que a baixa qualidade pode causar diferenças gritantes no rejunte e muito mais trabalho para a colocação. Mais trabalho é igual a mais tempo e pode causar sérios atrasos;

Forro de gesso

As decisões sobre acabamentos de forros de gesso dependem de alguns fatores. Por exemplo, se forem instalados abaixo de banheiros, é necessário fazer a instalação hidrossanitária primeiro.

É preciso ainda ter cuidado com pisos, mobílias e tomadas no momento de fazer o forro em gesso, já que sua instalação é feita com massa corrida, que deve ser lixada e pode fazer muita sujeira com o pó.

Lembre-se de cobrir tudo o que não pode ser danificado ou sujo no processo.

Pintura

A pintura é outra etapa que pode resultar em muita sujeira. Por isso, para garantir o melhor acabamento e resultado, junto com a satisfação do cliente, retire das paredes a serem pintadas tudo que possa atrapalhar e cubra o que não puder ser retirado.

Antes de começar a pintar tenha certeza de que os rebocos e massa corrida foram feitos e lixados, deixando uma superfície limpa e pronta para receber a tinta. Lembre-se: reboco e massa corrida mal feitos podem prejudicar a aderência da tinta e deixar um acabamento mal feito.

Louças e metais

Uma vez colocado o piso e os revestimentos nas paredes e tendo finalizado a pintura, é hora de começar a instalação das louças e metais. Com os demais acabamentos nivelados, é possível posicionar melhor as peças e garantir que o visual tenha mais qualidade, melhorando muito o acabamento.

Balcões

Garantir que o acabamento esteja perfeito exige cuidar bem dos balcões. Eles devem ser cobertos para que não se enchem de sujeira e riscos. Balcões com pedras claras merecem uma atenção especial, já que absorvem muito a poeira e se danificam.

Móveis

Quando o lugar a ser reformado tem móveis é essencial cuidar para que eles não sejam danificados e se sujam o mínimo possível. Além disso, algumas obras são feitas incluindo a instalação de móveis fixos.

Nesse caso, é essencial medir todo o ambiente com cuidado. Sua instalação influência na instalação de balcões, rodapés e pisos, entre outros. Isso significa que uma medição mal feita pode acabar criando vãos e encaixes mal feitos, que deixam o acabamento de todo o ambiente feio e com cara de falta de profissionalismo.

É por isso que a instalação dos móveis fixos deve ser a última coisa, garantindo que qualquer ajuste e corte seja feito sob medida.

Chuveiros, tomadas e lustres

O ideal para um bom acabamento é que sejam instalados apenas depois que os revestimentos e pinturas tenham sido finalizados, já que sua posição depende de finalizar essas partes. Caso seja uma reforma e não seja possível aguardar, lembre-se de cobrir bem e proteger tomadas, lustres e chuveiros.

A única instalação que deve ser feita antes é a da caixa elétrica, que deve ser embutida na alvenaria em um ângulo reto.

Aberturas

Para garantir um nível de base bem feito e qualidade de acabamento, as aberturas são feitas depois da parte de cerâmica e antes da pintura. Qualquer acabamento que seja feito após as aberturas exigem protegê-las contra danos, garantindo a qualidade.

Acabamento também exige gestão

Com todo o trabalho e dificuldade que uma obra apresenta, muitos profissionais cometem o erro de achar que a finalização e acabamento é a parte fácil e acabam relaxando.

Na verdade, para o cliente, essa é a parte mais importante de todo o projeto. Danos na estrutura são um problema, mas que demoram para aparecer. Já o acabamento não, o impacto negativo é imediato.

Se coloque no lugar do cliente e imagine chegar, depois de um mês aguardando a execução da obra acabar, e se deparar com uma parede com bolhas, manchada, com balcões riscados, móveis fixos tortos e sujeira para todo lado.

O acabamento é o que encanta seu cliente ao entregar a obra, é ele que atesta visualmente a qualidade de todo o trabalho realizado. Por isso, tenha muita atenção e cuide para que seu cronograma ofereça tempo para que seja realizado com cuidado e qualidade.