Orçamento de obras na construção civil

Quais são as principais etapas do orçamento de obras?

Orçamentos de obras devem ser detalhados e sem erros, elaborados com atenção e controle, o que exige um passo a passo eficiente.

Cada projeto realizado por uma construtora deve pagar não apenas os custos da obra, mas de todo o funcionamento da empresa. 

Sendo a única fonte de renda desses negócios, cada orçamento de obra é a contabilização do lucro, investimentos e sucesso de mercado.

Muitas construtoras pensam que erros no orçamento de obra causam prejuízos apenas para o projeto. 

No entanto, quando não é bem elaborado, o orçamento pode impactar negativamente todo o controle financeiro da construtora.

Afinal, o dinheiro para pagar pelos custos que o orçamento não cobriu tem que vir de algum lugar.

Quer descobrir como elaborar um orçamento de obras verdadeiramente eficiente e fugir dos prejuízos financeiros para a construtora? 

Acompanhe as etapas do orçamento com o cliente e descubra como.

Etapas do orçamento de obras: saiba como elaborar

Mais do que saber quais são os cálculos do orçamento final para oferecer o valor correto ao cliente, é importante entender que o processo de oferecer um orçamento ao cliente tem suas próprias etapas.

Esse documento evolui passo a passo a medida que o escopo do projeto é desenvolvido e a relação com o cliente se estrutura, chegando ao ponto em que o projeto é contratado e o orçamento é aprovado para que a obra comece.

Conheça aqui as principais etapas para elaborar o orçamento e construir a relação entre construtora e os clientes.

Estimativa de custos

A relação com o cliente começa com o primeiro contato e a necessidade de elaborar uma estimativa de custos. 

Essa estimativa será a base da decisão do cliente em pedir um orçamento ou não para a construtora.

Todo cliente se sente pressionado ao pedir um orçamento. 

A necessidade de apresentar um projeto mais detalhado, a espera, tudo isso pode ser um obstáculo na relação. 

Não é sempre que o cliente tem uma ideia clara do que deseja em mente nesse primeiro contato.

Para esse momento existe o orçamento de estimativa de custo. Ele é um documento superficial, baseado na ideia geral do projeto. Para a construtora pode ser difícil pensar em um orçamento assim, sem tempo para fazer cotações.

É assustador pensar na possibilidade de passar um valor muito baixo e que resulte numa dificuldade de negociação depois ou muito alto e que assuste o cliente. 

Para ajudar com esse problema, a construtora pode recorrer à tabela CUB, a tabela de Custos Unitários Básicos. 

O CUB é uma cotação feita mensalmente e por região pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). 

Orçamento preliminar

O orçamento preliminar também é um orçamento antes de fechar o contrato com o cliente. 

A estimativa de custo já conquistou a atenção do cliente e o projeto começa a ser delineado. 

Os primeiros detalhes são definidos e utilizados para verificar preços de alguns pacotes de trabalhos e custos básicos.

Imagine que o cliente desejava uma estimativa de custo para um prédio entre 10 e 15 andares. 

No retorno para montar o orçamento preliminar, fica decidido que o prédio terá 13 andares. 

Com esse dado, a construtora já pode cotar a quantidade e valor do concreto, blocos e vigas de metal que serão necessários para um projeto básico, oferecendo uma ideia mais real de custos.

Orçamento analítico

O orçamento analítico é aquele que a construtora deve apresentar para o cliente. Ele é extremamente detalhado e preciso e guiará todos os gastos em compras de materiais e contrato de serviços.

É por isso que o orçamento analítico depende da organização e gestão eficiente do projeto. 

Nele, é essencial ter em mãos um escopo desenvolvido e aprovado, para que cada etapa possa ser detalhada e contabilizada sem falhas, considerando, inclusive, custos diretos e indiretos.

Uma das bases que mais facilita a elaboração desse orçamento é a tabela Sinapi.

Saiba mais sobre a tabela sinapi aqui >

Os benefícios da curva ABC

Orçamento feito, todos os custos considerados e é hora de decidir como começar a comprar com base na forma de pagamento acordada com o cliente. 

Sim, não basta ter um orçamento se a construtora não sabe como utilizá-lo, é no gasto sem controle que estão os maiores prejuízos.

O pagamento do cliente não será feito todo de uma vez no início do projeto e mexer muito no caixa da construtora pode prejudicar outros projetos e esgotar recursos para emergência.

A melhor forma de organizar a gestão de compras? 

A curva ABC. 

Essa curva é uma forma de separar insumos e serviços de acordo com a prioridade que eles possuem no orçamento e na obra.

Os custos com materiais e serviços são altos na construção civil e a curva ABC vai ajudar a decidir onde gastar primeiro. 

A primeira coisa que a construtora deve saber é que devem ser feitas curvas separadas para materiais e serviços.

A lógica é simples. Existem materiais de alto custo, como blocos de concretos, e materiais essenciais para etapas iniciais, como concreto e tijolos. 

Pensando nisso, não faz sentido que as compras para a obra comece com gastos na aquisição de vigas para o telhado, certo?

É verificando o que deve ser comprado depois e o que tem custos ou volumes mais baixos que a construtora consegue decidir como organizar as compras e entregas.

Quer entender com mais detalhes a curva ABC? Nós explicamos aqui >

Orçamento de obras e lucratividade: qual a relação?

Conquistar lucratividade na construção civil depende de uma série de fatores, não só de projetos bem executados. 

Baixe a nossa planilha de orçamento de obras aqui >

Claro, a qualidade do trabalho é essencial, mas deve andar sempre de mãos dadas com:

  • Atendimento ao cliente eficiente;
  • Detalhamento do planejamento;
  • Cumprimento de cronogramas e prazos;
  • Custo benefício diferenciado.

Apenas com uma gestão de obras eficiente é possível alcançar cada um desses pontos e apenas um orçamento de obras correto pode garantir que a lucratividade seja sempre mantida.

Para ajudar a construtora nessa empreitada de obter lucratividade com orçamentos de obras corretos, a Obra Prima colocou um vídeo completo no canal sobre como elaborar um orçamento.

Estar sempre por dentro de todas as inovações da construção civil e aumentar a lucratividade e competitividade da construtora é muito mais fácil com informações corretas. 

Continue acompanhando o nosso blog para mais informações sobre o mercado da construção e dicas para transformar e organizar o trabalho da sua construtora.