Seguro de obras para construtoras

Seguro de obras: o que é e por que você precisa se preocupar com ele

Descubra quais os benefícios e vantagens de um seguro de obras para reduzir prejuízos quando riscos se concretizem.

Pela quantidade de Normas Regulamentadoras (NRs) e a variedade de equipamentos de Saúde e Segurança do Trabalhador (SST) já dá para perceber que os riscos de uma obra são inúmeros.

A preocupação com os riscos em uma obra deve ser sempre uma prioridade para as construtoras. 

Proteger os trabalhadores e o investimento dos impactos negativos que acidentes, erros e problemas causam é essencial para garantir a produtividade e lucratividade.

A construção de um prédio, por exemplo, pode apresentar diversos problemas durante a execução, algumas comuns a todas as obras, outras exclusivas por causa da altura. 

Alguns desses riscos são:

  • queda de materiais;
  • queda de trabalhadores;
  • áreas escorregadias;
  • paralisações em decorrência de chuvas;
  • paralisação por ventos fortes;
  • quebra de materiais no transporte;
  • acidentes com máquinas e equipamentos;
  • erros na instalação de sistemas de elevadores e outros equipamentos;
  • desperdício de materiais;
  • quebra de equipamentos.

Todo e qualquer problema de uma obra gera um custo e pode gerar atrasos não esperado. 

Garantir a minimização dos impactos é essencial e, para isso, é essencial ter um Seguro de Obras.

Veja aqui o que são esses seguros e como escolher o que melhor atende as obras da sua construtora.

Seguro de obras: o que são?

Também chamado de seguro de riscos de engenharia, o seguro de obras é uma forma de proteger os empreendimentos de uma construtora contra os perigos que a construção civil está sujeita. 

Com ele, os riscos e perdas potenciais de uma obra ou projeto são minimizados e transferidos para a seguradora. 

Esses riscos são divididos em 3 grupos:

  • Obras Civis em Construção (OCC): que cobre obras que estão sendo executadas;
  • Instalação e Montagem: protegendo serviços em stands, pavilhões e estruturas temporárias variadas;
  • Quebra de Máquina: assegurando que não ocorram prejuízos em decorrência de quebra de equipamentos já instalados para serem usados pela construtora.

Como funcionam os seguros?

Mesmo tomando todas as medidas necessárias, o canteiro de obras sempre está sujeito a problemas e acidentes. 

O inesperado sempre pode acontecer e garantir que os impactos negativos não afetem os ganhos da construtora ou o resultado oferecido para o cliente.

O seguro de obras faz com que os custos de alguns dos riscos não sejam pagos pela construtora quando eles se concretizam.

Imagine uma obra que sofre com uma inundação. 

Ainda que o atraso não possa ser revertido, o seguro cobre os materiais e equipamentos perdidos.

O funcionamento não é diferente dos seguros comuns de carros, vida e outros. 

A construtora paga o seguro daquela obra e tem um valor de “resgate e cobertura”, ou seja, existem equipamentos que serão substituídos, valores para reparos e outros detalhes específicos que variam de acordo com o seguro contratado.

O que o seguro de obras cobre?

Um seguro básico cobre acidentes, problemas relacionados a mudanças climáticas, acidentes naturais, erros de execução não relacionados a erros no projeto e problemas por causa de equipamentos com defeitos, entre outras coisas. 

De forma um pouco mais detalhada, é normal que construtoras tenham cobertura contra:

  • Incêndios;
  • Roubos e furtos;
  • Vendavais;
  • Terremotos;
  • Inundações;
  • Problemas por uso de materiais defeituosos;
  • Desmoronamentos de estrutura.

Essa é a base para evitar prejuízos com os riscos que estão fora das mãos das construtoras. 

É uma forma eficiente de se proteger de situações que são mais comuns na construção civil

seguro de obras

Nem tudo é assegurado: saiba o que não é incluso em seguros

É importante sempre lembrar que um projeto não é igual ao outro. 

Logo no planejamento e análise de riscos é possível identificar diversos problemas que podem surgir e impactar negativamente os projetos.

Nem sempre esses riscos fazem parte dos pacotes padrões dos seguros de obra. Por esse motivo, além dessa cobertura básica, é possível contratar seguro para itens adicionais.

Eles são opções de personalização dos seguros que acabam aumentando a proteção que a construtora tem. 

É possível, assim, que a construtora contrate elementos específicos relacionados aos riscos identificados no planejamento.

Entre as opções de cobertura adicional temos:

  • Cobertura de risco geral, protege o empreendimento no período entre conclusão e entrega.
  • Responsabilidade civil, para erros cometidos pelos trabalhadores, sejam eles prejudiciais à obra;
  • Tumultos e greves;
  • Despesas extraordinárias;
  • Erros de projeto;
  • Deterioração por falta de uso.

Uma das principais coisas a serem lembradas, seja na hora de pensar em cobertura básica ou na adicional, é que seguros de obras são focados nas estruturas. 

Isso significa que danos causados às pessoas não são cobertos por esse seguro.

Além disso, é lembrar que quanto mais completa a cobertura oferecida pelo seguro de obra, menos riscos de prejuízo a construtora corre.

Gestão de obras para garantir um seguro de obras eficiente

A área da construção civil é cheia de riscos de acidentes e sempre suscetível a danos por condições climáticas. 

Por esse motivo, seguros de obras são uma necessidade, mesmo para projetos nos quais eles não são obrigatórios.

Uma das preocupações das construtoras, no entanto, é em como garantir que os riscos sejam eliminados quando não são cobertos pelo seguro, ou como escolher o seguro ideal para o projeto.

É nesse momento que a gestão de obras se torna essencial. 

Apenas com um bom controle dos processos e etapas, uma análise de risco e planejamento eficientes e bons cronogramas e orçamentos é possível escolher um seguro que atenda às necessidades da obra. 

Com a gestão de obras é possível até mesmo evitar os riscos que o seguro cobriria.

Quer saber como conquistar a gestão de obra mais eficiente para seus projetos e reduzir os danos e necessidades do seguro de obra? Fique por dentro de todos os detalhes com os conteúdos Obra Prima.