Equipe

Seja um estagiário foda!

A experiência de um estágio é importantíssima para o desenvolvimento profissional e acadêmico de um estudante. Conseguir aplicar a teoria na prática, aprender coisas novas e conhecer pessoas da área são os primeiros contatos com sua profissão além dos muros da universidade. Fora a sensação de independência, mesmo que mínima, que os estágios remunerados oferecem. Nada como poder conquistar suas coisas com o próprio dinheiro, né? Por isso nós vamos te mostrar como se destacar e ser um estagiário foda!

Porém, o mercado de trabalho não é fácil nem pra conseguir um estágio. São dezenas, e em alguns programas de estágio em grandes empresas, até milhares de candidatos para uma vaga. Com isso, desde cedo é exigido uma boa capacitação. Uma pequena amostra da loucura que é o mercado. 

Mas calma! Tem lugar na sombra para todo mundo que busca seu melhor. E se você está aqui, já demonstra que é um desses.

Tenha um currículo foda!

Vamos começar pelo básico, a primeira impressão que você vai passar: seu currículo. 

O currículo deve ser assertivo e completo. E principalmente de fácil visualização, simplicidade é mais. 

Anota aí os dados que você NÃO PODE esquecer:

Dados pessoais

Nome completo, data de nascimento, telefone, e-mail e endereço completo e LINKEDIN! Vamos falar mais sobre ele depois. 

Objetivos

Seja sucinto, sincero e nada de clichês. Se pergunte: Por que eu quero um estágio? O que eu quero aprender e como eu posso contribuir?

Qualificações

Repito: NADA DE CLICHÊS!!! Evite: Pontualidade, comunicação interpessoal e trabalho em grupo. São habilidades mínimas que qualquer pessoa responsável deve ter. 

Aproveite esse momento de demonstrar seus diferenciais que fogem do trivial, por exemplo: Boa oratória, gestão de conflitos, etc. E também ferramentas que você domina, mas seja sincero no seu grau de habilidade, só coloque Excel avançado se realmente for!

Formação acadêmica

Coloque todas as informações completas: semestre, turno e previsão de conclusão. 

Experiências profissionais

Coloque da experiência mais recente à mais antiga. Se você nunca trabalhou ou estagiou formalmente, coloque projetos da faculdade, trabalhos voluntários, até mesmo se já ajudou seus pais, toda experiência é válida. 

Idiomas

Coloque os idiomas em que tem conhecimento. Seu nível em leitura, escrita e fala.

E não se esqueça do mais importante: PORTUGUÊS! E não, você não vai pôr “Português fluente”, mas sim demonstrar por meio de um currículo bem escrito, gramaticalmente falando. 

Cursos e atividades complementares

Conte seus cursos e atividades complementares, sejam acadêmicas ou não. Especifique as horas que foram gastas, os assuntos, objetivos e conquistas. 

Salve o documento em PDF

Salvar em Word permite que suas informações sejam editadas, lembre-se de exportar para PDF e sempre salvar com seu nome completo, para facilitar caso busquem em alguma pasta.

Segue um modelo de currículo, completo e de fácil visualização. O recrutador pode identificar de forma rápida as informações que precisa. 

Encontrando um estágio 

Agora que você já sabe como montar seu currículo, cadastre-se nos Portais de estágio, muitas faculdades têm seu próprio portal de divulgação, mas você pode encontrar diversas vagas em sites como o CIEE e Vagas.

Preste atenção aos pré-requisitos, mas não se prenda a preencher todos. Às vezes você não tem uma habilidade específica, mas se encontrou na descrição da vaga e tem dedicação em aprender. Determinação pode contar mais em algun casos. 

Se inscrevendo no estágio

Você achou uma vaga legal e vai encaminhar seu currículo, então ATENÇÃO aos detalhes!!

Utilize um endereço de e-mail sério, com seu nome e sobrenome.

Tem um nome comum que é difícil ter um usuário livre? Coloque sua data de nascimento, por exemplo: joaosilva1999@exemplo.com só não mande em e-mails como jaogamer69@exemplo.com

No assunto do e-mail cite a “Vaga + Seu nome”. 

Lembre-se de especificar qual vaga é, pode ser que estejam abertas vagas para diferentes setores. Por exemplo: “Estágio Eng. Civil – Joao Silva”. Sempre lembre de facilitar caso alguém vá buscar seus dados em meio a milhares de e-mail na caixa de entrada, é a mesma lógica de salvar o currículo em PDF com seu nome. 

Não seja preguiçoso!!!! 

Nada de colocar vários e-mails como cópia, nem mesmo cópia oculta! Demonstra que você está enviando desesperadamente e também será desagradável se alguém te responder e todos receberem o retorno.

Escreva uma mensagem pessoal e direta. 

Se você sabe o nome de quem irá receber, cite no corpo do e-mail. Demonstra atenção e cordialidade. Por exemplo:

Boa tarde, Funalo.

Meu nome é Joao e sou estudante do quinto período de engenharia civil. A faculdade me encaminhou a oportunidade de estágio que sua empresa está oferecendo e me interessei. Segue anexo meu currículo.

Aguardo retorno!

Grato, Joao Silva.

Não esqueça de anexar!!!

Pois é, você fez um currículo foda, uma mensagem bem elaborada para a empresa, mas esqueceu o principal… anexar o currículo. É um erro bem comum, e que você deve ficar atento. A maioria das empresas não terão tempo de te responder avisando que você esqueceu de anexar. Fica a dica de alguém que já cometeu essa gafe: Sempre olhe sua caixa de saída, tanto para conferir se o e-mail realmente foi enviado, quanto para revisar se não saiu nada despercebido. 

Um estagiário foda stalkeia!

Tenho certeza que você adora stalkear a vida alheia, né?! Então trate de fazer o mesmo com a empresa que você pretende estagiar.

Procure saber o que o Google tem a dizer sobre ela, as avaliações, redes sociais.

Dois lugares além do comum que eu recomendo pra conhecer bem sobre a empresa:

Linkedin

A rede social dos negócios. Cada vez mais empresas aderem a um perfil no linkedin para repassar seus valores. Dá uma olhada nas publicações e funcionários da empresa.

Tem o perfil de quem vai te entrevistar? Ótimo! Dá uma olhada no perfil da pessoa e conecte-se. Antes mesmo de uma resposta, você já demonstra seu diferencial.

Glassdoor

Um site onde você pode a avaliar a empresa em que trabalha e também conferir a reputação de outras. Lá você confere depoimentos, benefícios, média de remuneração, prós e contras que funcionários e ex-funcionários publicaram.

O mais legal é que também tem depoimentos de como foram as entrevistas, e você consegue ter uma noção do que te espera!

Saiba falar sobre você!

Agora que você já sabe “engatinhar”, você precisa demonstrar autoconfiança para convencer que você realmente é tudo que transparece e um pouco mais!

Para isso você precisa de autoconhecimento. Ninguém te conhece melhor que você mesmo. Isso vai facilitar sua desenvoltura em entrevistas ou em qualquer outro aspecto da vida. Perguntas clichês não vão te abalar porque você sabe quem você é.

Pega um caderno e anote seus “pontos fracos”, ou melhor: pontos de melhoria. No que preciso melhorar e como fazer isso?

Agora anote seus pontos fortes, no que você é bom, porque você é bom nisso e como também pode melhorar e contribuir com suas qualidades.

Seja um expert em si mesmo, vai te ajudar a fazer sua propaganda e conquistar o que quiser!

No dia da entrevista:

Vista algo adequado e confortável. 

Não precisa ir de terno e gravata nem com chapéu de obra, vá com uma roupa de acordo com seu estilo e o ambiente. Nesse quesito é importante a pesquisa sobre a empresa, algumas exigem um traje mais social e outras, como Startups, não ligam se você for de chinelo e camisa de time. Mas na dúvida fique sempre com o look básico, não tem erro.

Pesquise o endereço.

Um dia antes já confira o endereço para saber quanto tempo demora para chegar e qual o melhor trajeto, e se precisa ir de carro ou ônibus. O que eu sempre faço antes de ir a algum lugar novo é olhar o Street View do Google Maps. Me sinto mais confiante em ir ao lugar porque já vejo o que tem em volta e como é a entrada, facilita para não ficar de prédio em prédio conferindo o número.

Pontualidade não é chegar uma hora antes!

Não cai bem chegar atrasado já para a entrevista, né? Mas chegar muito cedo também pode pegar mal, sei que a ansiedade e medo de chegar atrasado é grande. Mas caso chegue muito cedo, dê uma volta no bairro, conheça o que tem por perto, toma um café. Tente chegar quinze minutos antes na empresa, porque caso chegue muito cedo pode atrapalhar na recepção. Se for só você até tudo bem, mas imagina se são vinte entrevistados no dia e boa parte chega super cedo?

Leia atentamente o e-mail do recrutador

Leia cada palavra do e-mail de convocação com muita atenção, porque às vezes é solicitado que leve seu currículo impresso ou algum outro material no dia. 

Repita: EU SOU FODA!

Autoconfiança é essencial, você já aprendeu os passos para se conhecer. Então respira, olha pro espelho e repita: EU SOU FODA. 

O corpo fala!

Mais do que as palavras, você deve prestar atenção no seu corpo. Suas expressões, seus gestos, sua postura, tudo isso fala por você. Então treine para conseguir manter a postura mesmo sob pressão. 

Postura confortável

Ao sentar, encontre uma posição em que você se sinta bem. Nada mais desconfortável que ter que ficar mumificado ou se ajeitando na cadeira a todo minuto. Fora que isso transparece nervosismo.

Contato visual

Mantenha contato visual com seu entrevistador e também com seus colegas, caso seja entrevista em grupo. Isso demonstra atenção a eles.

Tom de voz

Mantenha um tom de voz ameno. Não trema a voz nem aumente o tom. Tenha um tom equilibrado e contínuo, demonstrando seriedade e calma.

Não minta

Você pode até conseguir inventar uma super história e convencer que tem diversas habilidades, mas em algum momento você vai acabar se contradizendo. Fora que se você for contratado, não vai ter como sustentar a mentira quando for solicitado algo que necessite do que você inventou que sabe.

Não fale mal

Não fale mal do seu ex-chefe, e da sua antiga empresa. Pega mal em uma primeira impressão, imagine se o gestor não vai ficar na cabeça “Será que ele vai falar mal da minha empresa também?”.

Não é hora de falar de remuneração

Na primeira fase da entrevista não pergunte sobre a remuneração se não foi dita anteriormente. Sim, é um ponto importante. Mas não faça parecer que você está ali só pela bolsa auxílio. Espere ser aprovado para conversar sobre.

Demonstre interesse

Mostre que está realmente interessado pela vaga. Pergunte sobre a empresa, tire suas dúvidas sobre a vaga. Não aja como um robô apenas respondendo as perguntas. Deixe fluir uma conversa agradável e produtiva. 

Silencie seu celular

A entrevista é em grupo? Respeite o colega! Demonstre interesse na fala dele também, nada de ficar no celular enquanto ele fala. Silencie também para não ocorrer de no ápice do papo ser interrompido por ligação de cobrança!

O que o Google fala sobre você?

Assim como você “stalkeou” a empresa, provavelmente ela vai procurar sobre você também. Faça o teste: quando você joga seu nome completo no Google, o que aparece?

Provavelmente vá aparecer suas redes sociais, nesse ponto é importante que apareça seu linkedin, já vamos falar mais sobre ele. 

E dica: Só deixe suas redes sociais abertas caso você não tenha vergonha do que tem lá. Caso queira que suas postagens sejam íntimas, deixe seu perfil privado.

Linkedin:

Já citamos aqui sobre a rede social dos negócios. É importante que você mantenha seu perfil atualizado, e tente sempre interagir, postar, manter um networking na rede. Tudo bem você manter os restantes das redes sociais por puro entretenimento. Mas no Linkedin é importante manter uma postura profissional, mesmo que descontraida. Cuidado com o que você comenta e compartilha, não queime sua imagem por bobeira. É lá que as empresas vão avaliar seu perfil mais profundamente, é como se fosse um currículo vivo, onde dá para acompanhar sua vida e postura profissional em tempo real.

Algumas dicas:
Mantenha seu perfil atualizado e capriche na foto de perfil. 

É legal também ter uma foto de capa que combine com você e com o que quer passar!

Use palavras-chaves.

Quando for escrever sua descrição ou publicar algum texto, utilize de palavras-chaves, para facilitar para quem procura sobre o assunto.

Personalize a URL

Quando você entra no seu perfil, tem uma URL que é possível personalizar, como se fosse um “user”. Tente deixar com seu nome, mesmo utilizando de abreviações ou caracteres, pois é difícil alguns nomes estarem disponíveis. Facilita na busca do Google e também demonstra atenção ao perfil.

Participe de grupos e siga empresas!

Networking! Participar de grupos e seguir empresas ou pessoas que te inspiram, ajuda a se conectar com pessoas com quem você se identifica.

Aprenda o que a faculdade não ensina.

Seu diferencial não vai ser saber cálculo, mas sim saber coisas que vão além da sala de aula: Empatia, oratória, educação financeira, criatividade… são habilidades que você desenvolve desbravando o mundo, e hoje em dia você não precisa sair da frente do seu computador para isso. Conecte-se com o mundo, tanto pessoal quanto virtualmente. Não se limite à educação formal.

Recomendamos esse vídeo rápido do Murilo Gun, para aprofundar um pouco mais o assunto.

Aprenda ferramentas!

Excel avançado (mesmo)

Há muitas possibilidades do que se fazer com o Excel, inclusive, é o maior concorrente do Obra Prima.

Saber fazer tabela dinamica, dashboard, fórmulas como PROC V e C, etc. É um diferencial e pode ser útil em vários quesitos. Você consegue aprender no Youtube mesmo, ou se quiser algo mais orientado, em sites como o Udemy, com vinte reais você já consegue um curso super completo.

Canva

Canva é um site gratuito, em que você pode criar designs ou apresentações de forma descomplicada e com um layout profissional. 

“Ah mas eu sou engenheiro, o que eu vou querer com isso?” Oxi, fazer apresentações intuitivas ou até mesmo postagens com aspectos mais profissional para sua página no Facebook, etc. Você não precisa aprender ferramentas mais avançadas como o Photoshop para fazer um design bonito e simples. O mais legal é que tem vários modelos prontos para você editar com seus conteúdos.

Google Keep / Asana / Trello

São ferramentas para você gerenciar suas tarefas e criar notas. Porque você pode até ter uma ótima memória mas uma ou outra coisa vai deixar passa. É bom ter um controle da sua produtividade.

Edição de vídeos

A adesão por vídeos é cada vez maior. Conteúdo que pode ser consumido de forma rápida e prática. Saber editar até mesmo pelo celular já é um bom passo. Nunca se sabe quando terá que produzir um conteúdo institucional. E também é uma ótima forma de criar apresentações mais elaboradas.

Redes sociais

Sei que você deve ter a maioria das redes sociais populares, mas você sabe as possibilidades que elas proporcionam e como utilizar? Saber como funciona o gerenciador de negócios do Facebook e Instagram, por exemplo, ou ferramentas de gerenciamento de postagens, acompanhar as métricas de engajamento, tudo isso é importante e um diferencial para acompanhar o desempenho de uma empresa.

Obra Prima

Para você que é da área da construção, conhecer o Obra Prima também é um diferencial. Conhecer a possibilidade de gerenciamento de obras para pequenos construtores, mostra que você está por dentro das inovações do mercado em que atua ou pretende atuar.

Mindset Inovador

Ter uma visão inovadora pode te fazer brilhar. Saber fazer uma análise do mercado atual e como ele pode ser melhorado, ainda mais no ritmo acelerado e tecnológico em que caminhamos. Mas sua visão depende do seu Mindset: a lente por onde você enxerga o mundo.

Mindset é a combinação dos seus pensamentos, valores e crenças. É seu filtro de interpretação do mundo.

Lembra que citamos sobre ser criativo? Então, para ter um Mindset inovador é necessário criatividade. Recomendo esse artigo para aprofundar um pouco mais o assunto.

Alguns exemplos de inovações que acompanhamos ultimamente são:

Aplicativos de delivery e transporte; Marketing digital e Neuromarketing; Customer Success e UX Design.

E o que todas esses serviços têm em comum? A melhora na experiência do cliente atrelado a redução de custos utilizando a tecnologia.

Acompanhar essas tendências é importante para utilizar delas e também quem sabe abrir sua mente para ser o próximo inovador do mercado! 

Você é foda, se valorize!

Já demos todas as dicas para você se profissionalizar e conquistar um bom estágio.

Mas não se desespere em pegar qualquer um que aparecer, busque empresas que se alinham com seus valores, que você vá fazer o que gosta, uma empresa séria que não vai te utilizar como mão de obra barata! Isso faz com que sua experiência seja ainda mais enriquecedora, filtre bem onde você quer estar, foco que você consegue!

É sua fase de aprendizado e crescimento, e só dá para crescer em solo fértil!

Esse conteúdo foi baseado no nosso Webinar para estagiários, apresentado pelo nosso CEO. Assista e conheça um pouco mais sobre nossa equipe e o mundo de estágios na Construção Civil!