Sustentabilidade na construção civil: construtoras sustentáveis

Fatos essenciais que você precisa saber sobre sustentabilidade na construção civil

Entenda como a sustentabilidade pode ser um diferencial de mercado para sua construtora e seus projetos de construção civil.

Sustentabilidade é um tema que ganha, a cada dia, mais importância em diferentes setores da economia. O aumento da consciência ambiental na população se reflete de maneira intensa no mercado e exige uma mudança de postura em diversas áreas.

Considerada uma das principais tendências da Construção Civil para 2020, a preocupação com o meio ambiente traz diversas mudanças. Mesmo, inicialmente, sendo um investimento de alto custo para empresas, pode trazer diversos benefícios para os negócios.

Impactos ambientais da construção civil

A construção civil sempre foi um setor conhecido por pequena evolução tecnológica e muito desperdício. Entre alguns exemplos de problemas vividos cotidianamente na construção e que afetam negativamente o meio ambiente estão:

  • Mudanças de versão acabam causando a impressão de pranchas que não serão usadas;
  • Geração de entulho é enorme;
  • Instalação de tubulações podem exigir que construções inteiras sejam demolidas depois de prontas;
  • Consumo alto de água e energia elétrica.

Todos esses problemas representam gasto de tempo, recursos, matéria prima, fontes naturais e geração de resíduos, seja em pequena ou em grande escala. São elementos que vão contra a sustentabilidade e que aumentam o custo e prazo das obras.

Como a sustentabilidade beneficia a construção civil

Quando pensamos em construção sustentável, a primeira coisa que vem à mente é a opinião pública e a redução de impactos no meio ambiente. O que poucas pessoas sabem é que a adotar modelos sustentáveis na construção civil traz diversos benefícios para a empresa.

Competitividade

Não é segredo que clientes sempre buscam empresas com selo de sustentabilidade. Isso porque construções sustentáveis, desde a execução até o uso. Existem diversos incentivos e descontos em taxas e impostos, começando pelo IPTU pago. Com o IPTU verde o usuário pode alcançar de 5% a 20% de desconto. Assim, ser uma construtora sustentável atrai mais clientes.

Eficiência

Pensar nos impactos causados no meio ambiente faz com que a construtora tenha mais atenção no planejamento. Como resultado, os erros humanos e desperdício de material é reduzido, aumentando a qualidade do desempenho das equipes e do resultado final e maior eficiência do uso de tempo.

Redução de resíduos

Ainda que pareça apenas uma questão de não sujar o meio ambiente, a redução de resíduos significa, também, menos tempo gasto movendo entulhos ou limpando a área após a construção. Também reduz a quantidade de trabalhadores necessários para a finalização do projeto, o que significa uma redução de custos.

Menos custos operacionais

Projetos sustentáveis consomem menos água e menos eletricidade, eliminando a necessidade de locação de geradores por longos períodos de tempo. Com as novas tecnologias, o cronograma de obras se torna mais eficiente, reduzindo custos de manutenção atrasos e os custos extra que o acompanham.

Conforto para usuários

Parte da competitividade, existem benefícios que alcançam os usuários do projeto sustentável após finalizado. Materiais e construções sustentáveis tendem a ter melhores opções para isolamento e revestimento interno e externo.

O que se oferece ao usuário são projetos com melhor controle de temperatura, melhor iluminação e aproveitamento da luz do dia e circulação de ar mais eficiente. Isso se reflete não só no conforto dos usuários, mas no consumo final de luz e energia elétrica. 

São construções que não exigem lâmpadas acesas durante o dia e que dependem menos do uso de aquecedores e ar-condicionados. Além disso, são construções visualmente mais agradáveis e bonitas.

Certificações de sustentabilidade

Para uma obra ser considerada sustentável ela precisa cumprir com alguns critérios. Conheça os principais selos e suas exigências:

Certificação LEED: sigla para Leadership in Energy and Environmental Design, exige eficiência no uso da água, energia, materiais e recursos, qualidade ambiental interna e inovação nos processos.

Certificado AQUA: utiliza 14 critérios, divididos em 4 grupos: eco-construção, analisando a relação entre construção e entorno e o baixo impacto ambiental; eco-gestão, uso eficiente de água, energia e tratamento de resíduos; conforto, analisando a parte térmica, acústica, visual e olfativa; e saúde, que avalia a qualidade sanitária, do ar e da água do projeto.

Procel Edifica: certificação focada em racionalizar a produção e o consumo de energia elétrica. Em edifícios comerciais e público avalia impactos no entorno, iluminação e condicionamento do ar. Em prédios residenciais é feita, ainda, a avaliação do aquecimento de água e dos sistemas para áreas comuns (elevadores, iluminação e outros).

Selo Casa Azul: Avalia 53 critérios distribuídos em 6 grupos. São eles: Qualidade Urbana; Projeto e Conforto; Eficiência Energética; Conservação de Recursos Materiais; Gestão da Água; Práticas Sociais. A certificação exige o cumprimento mínimo de 19 critérios em ao menos 3 categorias para garantir o selo de sustentabilidade.

Sustentabilidade é crescimento

Sustentabilidade é uma tendência mundial que cresce e evolui a cada dia e que se coloca como um diferencial para empresas que querem ganhar mercado e conquistar clientes.

O crescimento dessa preocupação não vem sozinho. A tecnologia segue de perto essa evolução, oferecendo cada vez mais ferramentas e softwares para projetos desenvolvidos de maneira sustentável e na construção civil não é diferente.

Materiais mais duráveis e recicláveis, placas solares para produção de energia, sistemas de reaproveitamento da água da chuva e softwares de gestão de obra são apenas alguns exemplos na área da construção civil.

O melhor é que o uso de cada um deles não significa um custo, mas o investimento em novas possibilidades. Cada um dos novos elementos que surgem oferecem maior eficiência e redução de custos para as empresas, permitindo que elas cresçam e lucrem cada vez mais.